Menu
Busca segunda, 06 de abril de 2020
corona
Política

Projeto que proíbe cobrança de taxa de religação de água e luz é aprovado

Texto ainda passa por mais uma votação; entenda

18 setembro 2019 - 12h15Por Redação

O Plenário da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul aprovou, em primeira votação, o Projeto de Lei do deputado estadual Felipe Orro (PSDB) que dispõe sobre a proibição da cobrança de taxa de religação de energia elétrica e de água, em caso de corte de fornecimento por falta de pagamento.

A proposta foi encaminhada para apreciação dos demais deputados com parecer contrário por maioria dos membros da CCJR (Comissão de Constituição, Justiça e Redação) da Casa de Leis. Felipe Orro, autor do projeto, utilizou a tribuna para defender a constitucionalidade do texto e convenceu os demais deputados a derrubar o parecer contrário da Comissão.

"Trata-se de um projeto que já vem tramitando em diversas Câmaras Municipais e, como fui o responsável por trazer essa discussão para nossa Casa de Leis, creio que a Assembleia Legislativa tem que se posicionar para fazer com que essa proposta se torne Lei em Mato Grosso do Sul", argumentou Felipe Orro.

O deputado acrescentou que "o consumidor que tem o fornecimento de água ou luz cortado atrasou o pagamento por limitação financeira. Portanto, terá muita dificuldade de efetuar o pagamento da taxa de religação. Precisamos dar esse presente para os consumidores de nosso Estado e garantir que os mesmos tenham acesso ao fornecimento de água e luz", detalhou Felipe Orro.

Com 11 votos favoráveis à derrubada do parecer da CCJR, o Projeto de Lei foi aprovado em primeira votação e segue para análise das comissões de mérito. Agora, a proposta segue para apreciação das Comissões de Finanças e Orçamento e; de Defesa dos Direito do Consumidor, para então ser levada para segunda votação no Plenário da Casa de Leis.

Leia Também

Após fazer campanha para isolamento, técnica em enfermagem morre de Covid-19 em Goiás
Geral
Após fazer campanha para isolamento, técnica em enfermagem morre de Covid-19 em Goiás
Olavo de Carvalho pede saída de Mandetta
Geral
Olavo de Carvalho pede saída de Mandetta
Estado e prefeitura têm baixas de interessados em concorrer eleições deste ano em MS
Política
Estado e prefeitura têm baixas de interessados em concorrer eleições deste ano em MS
Família de estudante autoriza doação de órgãos a Santa Casa
Cidades
Família de estudante autoriza doação de órgãos a Santa Casa