Menu
Busca quarta, 23 de outubro de 2019
Top Ms
Política

Puccinelli corre MS de olho em substituir Azambuja, avalia Marun

Ex-governador já faz agendas pelo interior pensando em 2022

18 julho 2019 - 13h25Por Diana Christie e Maressa Mendonça

O ex-governador André Puccinelli (MDB) está de olho no posto de Reinaldo Azambuja (PSDB), seu sucessor na cadeira mais importante da política em Mato Grosso do Sul. É o que diz Carlos Marun, ex-deputado federal e fiel escudeiro do MDB.

Durante assinatura da ordem de serviço para reforma do aeroporto de Campo Grande, Marun destacou que o ‘italiano’ está na ativa, mas com uma proposta para 2022. Portanto, o MDB deve lançar outro nome para disputar a prefeitura da Capital com Marquinhos Trad (PSD).

“Não está nos seus planos a prefeitura. Eu até penso de forma diferente. Eu acho que ele [Puccinelli] deveria avaliar essa possibilidade, que é nosso candidato natural. [...] Mas ele está em uma agenda muito estadual, com visitas aos municípios do interior do Estado”, aponta.

Marun desconversa sobre outros nomes para Campo Grande, mas enfatiza que não vai se candidatar. “O MDB vai ter [candidato] e, nesse sentido, até coloquei a minha não pretensão. Primeira coisa é estar com a vontade de disputar a eleição e, neste momento, não é o meu caso”.

Por fim, destaca que o partido quer voltar à antiga força. “O MDB vai reiniciar o processo da reconquista do protagonismo em Mato Grosso do Sul”, ressalta.