Menu
quinta, 24 de setembro de 2020
Política

Tentando aplacar disputa no PSDB, Reinaldo diz que concorrentes têm que deixar ‘vaidades de lado’

Governador quer que candidatos pensem mais no partido para deixá-lo fortalecido em 2020

23 março 2019 - 13h30Por Rodson Willyams

O governador Reinaldo Azambuja deu um 'puxão de orelha' nos candidatos à presidência do PSDB em Mato Grosso do Sul. Cotado para assumir o posto para evitar disputas internas, ele declarou esperar que os postulantes deixem 'as vaidades de lado'.

“Gostaria que eles buscassem um consenso e, se não tiver, vamos buscar alternativa”, disse o Reinaldo. Dentro do partido, os deputados federais Rose Modesto e Beto Pereira brigam para assumir o comando tucano no Estado, já de olho na prefeitura de Campo Grande em 2020.

Reinaldo destaca que nunca colocou o nome para ser presidente do partido, pois acha "que ali tem pessoas com maturidade necessária para deixar de lado as vaidades". "As questões pessoais devem ser deixadas de lado e devem pensar no todo, que é fortalecer o PSDB para estar preparado para o ano que vem”, ratificou.

O governador ainda pontuou que as eleições municipais de 2020 serão diferenciadas para todos os partidos já que estarão vetadas as coligações . "Vai impor aos partidos uma dimânica um pouco melhor para fortalecer as chapas de vereadores".

Por fim, ele garantiu que o partido cresceu nos últimos anos e a sigla ganhou um grande número de prefeitos. 

Leia Também

Advogado preso tentando entrar com droga no presídio assina termo e volta para casa
Polícia
Advogado preso tentando entrar com droga no presídio assina termo e volta para casa
Homem é preso por estuprar as três filhas em Amambai
Interior
Homem é preso por estuprar as três filhas em Amambai
Mulher assassinada após sumir de hospital teve morte violenta
Polícia
Mulher assassinada após sumir de hospital teve morte violenta
Quinta-feira será de tempo firme e temperaturas elevadas em MS
Cidades
Quinta-feira será de tempo firme e temperaturas elevadas em MS