Menu
Busca quarta, 08 de julho de 2020
ALMS
Política

Ricardo Ayache assume comando do PSB em MS e quer o partido 'em contato com a população'

Filiação ocorreu em Brasília junto ao presidente nacional da legenda, Carlos Siqueira

24 maio 2019 - 15h56Por Thiago de Souza com assessoria

O médico Ricardo Ayache assumiu a presidência do Partido Socialista Brasileiro, o PSB, em Mato Grosso do Sul. A filiação no novo dirigente ocorreu nesta quinta-feira (23), em Brasília.

O evento contou com a presença do presidente nacional, Carlos Siqueira, do coordenador nacional do MPS (Movimento Popular Socialista do PSB), Acilino Ribeiro, e da secretaria geral da CONTAG (Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura), Thaisa Daiane, que assume a secretaria da sigla no Estado.

Ayache, diz a nota, retorna ao PSB com o objetivo de reorganizar e fortalecer o partido que conta com 4 prefeitos, 61 vereadores e 3 vice-prefeitos eleitos em Mato Grosso do Sul.

“Assumimos o comando do partido com grande entusiasmo e enorme responsabilidade de estabelecer o diálogo permanente com os filiados, prefeitos, vice-prefeitos e vereadores para fortalecer o PSB para 2020 e 2022, mas, sobretudo, colocar o partido em contato direto com a população do nosso Estado. E assim, construir soluções que melhorem a vida das pessoas, gerando empregos, melhorando a saúde, a segurança, o acesso à moradia, incentivando o desenvolvimento com propostas que melhorem a educação e a vida de todos”, afirma Ricardo Ayache.

Completam a executiva estadual do partido, Aluísio São José, vice-presidente; Jose Ancelmo dos Santos, 1° vice-presidente; Thaísa Daiane, Secretária geral e Adelaido Luiz Espinosa, 1º Secretário.

''Temos a certeza de que o Ricardo Ayache e os outros integrantes da executiva tem total capacidade de fazer o PSB crescer em Mato Grosso do Sul, antenado com os anseios da população e fortalecendo as bases humanitárias do nosso partido", explicou Carlos Siqueira, presidente nacional da sigla.

O Coordenador Nacional do Movimento Popular Socialista, Acilino Ribeiro, também chama a atenção para o trabalho de organização e para o fortalecimento do diálogo com a população. “Ayache e outras lideranças, como a Thaísa, chegam para fortalecer o PSB no Estado. Em um primeiro momento, o trabalho será no sentido de organizar o partido nos 79 municípios; depois, é preciso fortificar a inserção e a participação de diversos segmentos sociais, o que é fundamental para pensarmos o fortalecimento do PSB nas eleições de 2020. E o diretório nacional dará todo apoio à executiva estadual nesse trabalho, como sempre fez”, explica.

 

Leia Também

'De congelar o cérebro': quarta-feira será fria e chuvosa em MS
Cidade Morena
'De congelar o cérebro': quarta-feira será fria e chuvosa em MS
Deputado de MS gasta mais de R$ 20 mil com coach e restaurante de luxo
Política
Deputado de MS gasta mais de R$ 20 mil com coach e restaurante de luxo
Dono de carro alugado em 2019 encontra veículo depenado em barracão de Dourados
Interior
Dono de carro alugado em 2019 encontra veículo depenado em barracão de Dourados
PF vai investigar colunista da Folha que torce para Bolsonaro morrer de covid
Geral
PF vai investigar colunista da Folha que torce para Bolsonaro morrer de covid