TCE ABRIL 16 A 22/04
Menu
quinta, 22 de abril de 2021
Política

Transporte público, retomada do emprego e saúde são propostas dos candidatos em Campo Grande

Em transmissão do programa eleitoral na TV, candidatos abordaram propostas para a cidade

19 outubro 2020 - 12h50Por Rayani Santa Cruz

No programa eleitoral exibido na TV nesta segunda-feira (19), das 12h às 12h10, candidatos citaram planos para o transporte público, asfalto, educação e retomada da economia na Capital. 

Marcelo Miglioli (SD) diz que a mobilidade urbana é um dos pontos estratégicos do plano de governo. Ele cita que vai rever contratos do consórcio Guaicurus e implantar melhorias.  

Delegada Sidneia Tobias (Podemos) questionou o orçamento da prefeitura e suposta ineficiência do término de obras. Ela apontou que a cidade precisa de asfalto e drenagem de qualidade e uma solução para o desemprego.

Cris Duarte (Psol) prometeu que vai propiciar mais acesso à cultura para os campo-grandenses.

João Henrique (PL) disse que todos necessitam de boa gestão e convidou a população a refletir se o voto tem preço. Ele citou exemplos de bons políticos e destacou que quem vende o voto não ajuda a manter o desenvolvimento da cidade. 

Pedro Kemp (PT) também falou sobre a necessidade de transporte público de qualidade. Falou que vai revisar contratos, ampliar e renovar frota. Vai ampliar mobilidade urbana e transporte inteligente com mais ciclovias. 

O candidato Vinicius Siqueira (PSL) apresentou no mesmo programa sobre operação do táxi, operação do transporte coletivo e esgoto. 

Marquinhos Trad (PSD) apresentou programa sobre o que fez durante a gestão com retomada de obras como 151 km de asfalto e drenagens nas sete regiões de Campo Grande. Entrega de sete escolas e 416 mil kits distribuídos, além de reforço da guarda municipal. Reforma do Guanadizão. 

Sergio Harfouche (Avante) disse que vai mudar Campo Grande priorizando a educação e gestão de excelência.

O candidato Marcelo Bluma (PV) disse que vai rever contratos de concessões do transporte e da água e esgoto em Campo Grande.   

Esacheu Nascimento (PP) falou sobre falta de postos de saúde e qualidade de vida para a população. Falou que vai construir creches e postos em bairros que ainda não tem. 

Paulo Matos (PSC) disse que vai construir um hospital municipal na obra abandonada do Centro de Belas Artes.

Guto Scarpanti (Novo), também com programa já exibido, falou que é impossível fazer nova gestão com mesmos políticos que estão no poder. 

O candidato Dagoberto Nogueira (PDT) disse que atual gestão só fez obras neste último ano e errou nas escolhas feitas durante a pandemia. O programa citou que vai retomar emprego.  

Marcio Fernandes (MDB) citou que vai implantar medicina 4.0 com teleconsultas e mais desenvolvimentos na área da saúde.

Thiago Assad (PCO) não tem tempo de TV e de rádio. 

O programa eleitoral da TV será das 12h às 12h10 e das 19h às 19h10 (horário MS) até 12 de novembro. No rádio será das 6h às 6h10 e das 11h às 11h10.