ENTREGAS
(67) 99826-0686
ENTREGAS

Reinaldo mostra força e PSDB conquista quase metade das prefeituras em MS

Inversão de poderes retrata cenário nacional e derrocada do PT

3 OUT 2016
Dany Nascimento
14h03min
Foto: Geovanni Gomes

Os tucanos saíram na frente nas eleições de 2016 e levaram a maior parte das prefeituras em Mato Grosso do Sul. No total, 36 prefeitos que pertencem ao partido do governador Reinaldo Azambuja (PSDB) foram eleitos, o que corresponde a 45,56% dos cargos no Estado.

A sigla ainda disputa a vaga em Campo Grande, com Rose Modesto (PSDB) no páreo contra Marquinhos Trad (PSD) e o número de tucanos eleitos pode ainda aumentar após o dia 30 de outubro. Em comparação com as eleições de 2012, o PSDB conseguiu eleger mais que o dobro, já que nas eleições passadas, levou 12 municípios.

Porém, em Dourados, segundo maior colégio eleitoral do Estado, os tucanos perderam a disputa para os peemedebistas, já que  Délia Razuk (PMDB) venceu o candidato Geraldo Rezende (PSDB) com 39,82% dos votos válidos.

O segundo partido com maior número de candidatos eleitos para a prefeitura foi o PMDB, que teve 17 prefeitos eleitos. A grande surpresa foi o Partido dos Trabalhadores, que não elegeu nenhum prefeito em Mato Grosso do Sul. Já o Partido Republicano teve 11 eleitos no Estado.

O PSB ficou em quarto lugar no número de prefeitos eleitos, com 5 eleitos. O PEN conseguiu eleger três prefeitos e empatou com o DEM, que também conquistou três prefeituras para iniciar o mandato em 2017. O partido de Dagoberto Nogueira (PDT) conquistou duas prefeituras. Tanto o PTB, como PSC, PSL e PMN conquistaram uma prefeitura.

 

 

 

Veja também