TOP MIDIA INSTITUCIONAL
Menu
sábado, 20 de agosto de 2022 Campo Grande/MS
Agosto Lilás II Governo Agosto 2022
PREFEITURA AGOSTO 2022 2
PREFEITURA AGOSTO 2022 2
Política

Zeca e Puccinelli são os reis da rejeição em Campo Grande

Pesquisa aponta os dois ex-governadores como líderes de quem campo-grandense não votaria

28 agosto 2019 - 07h00Por Vinícius Squinelo

Dois ex-governadores são os líderes de rejeição em Campo Grande. Zeca do PT e André Puccinelli (MDB) são os mais citados quando os campo-grandenses são questionados em quem ‘não votaria de jeito nenhum’. Os dados são do Itop (Instituto TopMídia de Pesquisa).

Conforme o apurado, Zeca tem 25% da rejeição popular, primeiro lugar com folga no quesito. Atrás, André Puccinelli aparece com 19% de toda a rejeição do campo-grandense.

Como a margem de erro do Itop é de três pontos percentuais para cima ou baixo, André e Zeca estão de mãos dadas na rejeição popular.

Seguindo a lista apontada pelo Itop, o atual prefeito Marquinhos Trad (PSD) tem 14% de rejeição. Alcides Bernal (PP) e Rose Modesto (PSDB) têm, ambos, 9% no quesito. Eles são acompanhados por Dagoberto Nogueira (PDT), com 7%.

O ex-candidato ao governo Odilon de Oliveira (sem partido) computa 4% de rejeição, mesmo índice de Lucas de Lima, deputado estadual pelo Solidariedade. Capitão Contar (PSL) tem 2% de rejeição, seguido de Athayde Nery e Marcelo Bluma, ambos com 1%. Não sabem ou não responderam são 5% dos entrevistados.

A pesquisa foi realizada pelo Itop entre os dias 13 e 18 de agosto e ouviu 600 campo-grandenses, seguindo estatística de idade, sexo e classe social da amostragem da Capital.

Importante ressaltar que como ainda não estamos em período eleitoral, não há necessidade do registro do trabalho junto ao Tribunal Superior Eleitoral.