TCE 27/10 a 29/10
Menu
quinta, 28 de outubro de 2021 Campo Grande/MS
Saúde

Governo vai criar selo ‘empresa 100% imunizada’ para incentivar a vacinação em MS

Objetivo é que as empresas ajudem a convencer os mais resistentes à vacina

24 setembro 2021 - 13h00Por Diana Christie e Adriano Bueno

Mato Grosso do Sul vai criar uma certificação para empresas que conseguirem vacinar todos os seus funcionários contra a covid-19. As informações são do secretário estadual de Saúde, Geraldo Resende, em entrevista ao TopMídiaNews.

“Nós vamos ter um selo da empresa 100% imunizada ou 100% sem covid para que a gente tenha de fato a adesão e a procura daqueles que, por algumas razões, ainda não procuraram a vacina”, explicou Resende.

O objetivo é que os empregadores incentivem os trabalhadores mais resistentes à imunização. Ainda não há detalhes de como o selo vai funcionar e quais as vantagens, mas a luta pela imunidade coletiva ou de rebanho passará a ser ativa.

“O processo de imunização tem que ser um compromisso coletivo. Não pode ser ‘eu decidi individualmente que não vou tomar a vacina’ porque eu vou prejudicar quem convive comigo no meu seio familiar, também no meu local de trabalho e locais de convívio”, exemplificou o secretário.

Foto: Silas Lima

Dia D da vacina

A SES (Secretaria Estadual de Saúde), em conjunto com os municípios, realizará um mutirão de vacinas, visando a aplicação de mais de 411 mil doses do imunizante contra a covid-19, num período de sete dias. O próximo sábado (25) será o Dia D da campanha. 

“Essa semana, distribuímos aos municípios 275 mil doses de vacinas, entre AstraZenca, Pfizer e CoronaVac. Já havíamos recebido quantitativo na semana passada, temos estoques nos municípios e precisamos fazer esse mutirão tanto para evitar que vacinas fiquem estocadas em geladeiras, quanto para oportunizar a todos o direito de tomar a vacina”, salientou o secretário estadual de Saúde, Geraldo Resende.

O secretário apontou a união de esforços entre Estado e municípios como o fator que tem levado Mato Grosso do Sul a ser o primeiro em vacinação, no ranking nacional.

“Nós estamos, nesse momento, fazendo um verdadeiro mutirão pela vida, inclusive amanhã será o Dia D do processo de vacina em Mato Grosso do Sul. Lugar de vacina é no braço e não na geladeira”, enfatizou.

Todos os públicos podem procurar pela vacina, desde adolescentes a partir de 12 anos a pessoas que aguardam a 2ª dose. Idosos de 60 anos que completaram o ciclo vacinal há 4 meses também devem buscar a 3ª dose.

 
MS retoma Caravana da Saúde e avança com 3ª dose

MS retoma Caravana da Saúde e avança com 3ª dose

Posted by TopMídia News on Friday, September 24, 2021

Resultados

Até ontem (23), 94,05% da população adulta vacinável maior de 18 anos recebeu a 1ª dose do imunizante e 73,02% foram imunizados com a segunda dose. Também foram vacinados 61,41% dos adolescentes com a primeira dose da Pfizer.

Mato Grosso do Sul aplicou, até o momento, 3.547.631 doses, sendo 1.893.958 com a primeira dose, 1.303.780 com a segunda dose e 234.910 com dose única. Para os idosos, foram distribuídas 114.983 doses de reforço, representando 25,66% do público alvo.