TJMS dezembro
Menu
Busca quarta, 11 de dezembro de 2019
Top Esporte

Árbitro que expulsou Messi fez VAR no jogo polêmico com Dedé

Mario Díaz de Vivar mandou o astro argentino embora após confusão no primeiro tempo

07 julho 2019 - 13h10Por Globo Esporte

A decisão de terceiro lugar da Copa América, entre Argentina e Chile, ficará mais marcada pela expulsão de Lionel Messi do que pela vitória dos argentinos por 2 a 1. E o responsável por mandar o astro da partida embora e por irritar ambas as equipes é o árbitro paraguaio Mario Díaz de Vivar.

Aos 36 do primeiro tempo, Medel e Messi se desentenderam na linha de fundo. O chileno cobrou duramente o argentino, encostando a cabeça e o peito em Messi. No desespero, Mario Díaz de Vivar expulsou os dois. O juiz não quis saber nem do VAR e manteve a decisão. Mas afinal, quem é esse árbitro?

– Eu não gostei da atuação, ele foi mal na parte disciplinar. Apesar que os jogadores, principalmente os chilenos, não colaboraram. E a expulsão de Messi foi injusta – disse Paulo César de Oliveira, comentarista de arbitragem do Grupo Globo.

Com 35 anos, ele é o juiz menos experiente da Copa América. Com a partida deste sábado, ele acumula quatro partidas de nível internacional entre seleções. Na competição, ele apitou Chile 4 x 0 Japão, no Morumbi. Ele também já foi árbitro de Bolívia 2 x 2 Equador e Equador 0 x 3 Brasil, ambas pelas Eliminatórias da Copa do Mundo da Rússia.

O histórico de Mario Díaz de Vivar, porém, tem polêmicas e decisões contestadas em outras competições.

Expulsão de Dedé

Lembra da expulsão de Dedé na partida entre Boca Juniors e Cruzeiro, pelas quartas de final da Libertadores de 2018? Na ocasião, Dedé se chocou com o goleiro Andrada na derrota do time mineiro por 2 a 0.

O árbitro da partida era Eber Aquino, mas o VAR era ele, Mario Díaz de Vivar. Foi ele quem orientou o juiz de campo a rever o lance. Após a revisão, o zagueiro foi expulso. Mais tarde, a Conmebol anulou a suspensão do jogador. Relembre no vídeo abaixo.

Pênalti escandaloso

Mario Díaz de Vivar tem mais de 200 partidas apitadas na primeira divisão do Campeonato Paraguaio. Segundo o site Live Futbol, o árbitro já comandou 211 jogos, deu 47 amarelos e 25 vermelhos.

Em 2018, na partida entre Independiente de Campo Grande e Sol de America, Díaz de Vivar não marcou um pênalti escandaloso para o time da casa. Ele ainda deu amarelo para o camisa 5 por reclamação.