tce janeiro
SENAR 26/01
Menu
quarta, 26 de janeiro de 2022 Campo Grande/MS
Top Esporte

Blindada por 'cartilha', seleção só soube da tragédia de Paris após jogo

14 novembro 2015 - 11h11Por UOL Esporte

Após um temporal na última quinta-feira que resultou no adiamento do jogo, Argentina e Brasil entraram em campo na sexta para uma partida cercada de expectativas. As atenções, no entanto, não estavam tão voltadas para o gramado do estádio Monumental de Nuñez quando a bola rolou. Os graves atentados terroristas em Paris que deixaram mais de 100 mortos momentos antes fizeram o jogo perder parte de seu peso.

Nas arquibancadas, arredores e televisões do estádio do River Plate, o assunto era um só: a tragédia na capital francesa. Desde pouco antes das 20 horas (horário de Brasília), jornalistas, torcedores e outros envolvidos com a partida não conseguiam se concentrar apenas no jogo. O número de mortos, que aumentava a cada instante, impressionava e dava a dimensão dos ataques.

Nem todos ali, no entanto, sabiam do ocorrido. Blindada pela "cartilha" da comissão técnica que proíbe o uso de celulares e outros dispositivos móveis na preleção (no hotel) e no vestiário, a seleção brasileira só foi informada após o apito final.

"Para falar a verdade, nem entendi quando o árbitro deu um minuto de silêncio. Falaram alguma coisa 'de Paris', mas não sabíamos. Só nos contaram depois do jogo", contou o zagueiro David Luiz, que atua no Paris Saint-Germain.

Pelo fato de jogar na cidade atingida, David Luiz acabou sendo o mais assediado pela imprensa presente. Nem mesmo a fraca atuação, que teve direito a falha no gol argentino e expulsão no segundo tempo, mudou o foco. Todos só comentavam a tragédia.

"Fiquei muito preocupado e logo liguei para namorada, familiares e amigos que estão lá. Sorte que estão todos bem. Mas é um dia muito difícil. Ainda estou lendo as coisas com calma. Fico muito abalado porque são inúmeros inocentes morrendo. Precisamos acabar com isso. A expulsão é ruim. Sei que errei. Mas estou muito preocupado também é com isso que soube agora", completou o zagueiro.