TJMS
(67) 99826-0686

Completando 30 anos, associação oferece saúde e educação para crianças especiais

Instituição organiza grande festa para comemorar as três décadas de funcionamento

4 SET 2019
Nathalia Pelzl
17h00min
Foto: André de Abreu

A Associação Educacional Especial “Marcelo Takahashi”, mais conhecida como Escola Especial Colibri, vai completar 30 anos com a sensação de dever cumprido.  Localizada no Bairro Santo Amaro, em Campo Grande, a instituição atende cerca de 250 pessoas, sem condições financeiras, com educação especial e clínica médica.

A ideia surgiu através de Maria Inês Nunes, de 50 anos, fundadora e diretora do local. Ela conta que a motivação não veio por ter parente com alguma deficiência ou algo relacionado, no entanto, nada paga a gratificação de realizar o trabalho.

“Na época, comecei a trabalhar na área, aí fui fazer pedagogia, me especializei no ramo e posso dizer que é muito gratificante. Aqui a gente trabalha com doações de pessoas físicas e também jurídicas, somos uma instituição filantrópica”, comenta.

Na instituição são oferecidas atividades em três nichos: educação, saúde e serviço social. Antes de a pessoa receber atendimento, uma triagem é realizada.

“Temos uma equipe multidisciplinar, na área da educação temos o ensino fundamental o infantil e o Eja, seja no período integral ou meio período. Temos fonoaudiólogo, psicólogo, fisioterapeuta, dentista e outras especialidades. Buscamos também dar assistência aos familiares, com cursos de corte e costura e artesanato, por exemplo”, destaca.

Agora, segundo a diretora, os preparativos para a festa de comemoração dos 30 anos estão a todo vapor.

“Estamos nos organizando e elaborando, no próximo mês nossos alunos estão preparando uma exposição.  Vamos começar a dar brindes temáticos, estamos preparando nosso site e também nosso portfólio. No final do ano também temos nosso encerramento que vai ser já no tema dos 30 anos, estamos felizes”,  finaliza.

Ficou interessado em ajudar ou conhecer o espaço? Ele fica na rua Gomes Freire, no bairro Santo Amaro.

André de Abreu

Veja também