Menu
domingo, 20 de setembro de 2020
Memórias

Nas passarelas, vereador pagou faculdade na juventude e até conheceu a Xuxa

Valdir Gomes abriu o baú de lembranças para relembrar histórias antes de sua vida política

03 maio 2019 - 07h00Por Amanda Amaral

A rotina no ambiente formal da Câmara de Vereadores de Campo Grande não intimida Valdir Gomes a ocultar sua festiva vida pessoal, como muitos preferem fazer para escapar de julgamentos de valor. Em seu perfil de rede social, o parlamentar publicou foto de uma lembrança que carrega com carinho de seus tempos de modelo nas horas vagas.

O visual combina sunga florida, óculos escuros, relógio de pulso e ‘carão’ na passarela, quando tinha por volta de 20 anos de idade. Ele conta que costumava fazer estes pequenos trabalhos nas folgas de seu trabalho na prefeitura, momentos que lhe renderam até mesmo a conhecer a apresentadora Xuxa.

“Quando eu tinha meus 18 anos eu já trabalhava na prefeitura, fazia os desfiles como bicos, tinha que pagar a faculdade que fazia à noite e, quando pintavam alguns desfiles, me chamavam. Teve um desfile no Rádio Clube muito legal, já cheguei a desfilar junto com a Xuxa, no auge, sempre estava presente nesses eventos”, conta. 

Valdir na adolescência. (Foto: arquivo pessoal)

Ele lembra que chegava a fazer até quatro desfiles por mês, ganhando em cruzeiros o equivalente que variaria hoje entre R$ 150 e R$ 200 por cada trabalho. Começou incentivado pelas amigas e assim conseguiu pagar seu ensino superior alguns anos após sair de Sidrolândia para viver com a mãe na Capital.

Chegou a fazer dois semestres do curso de Direito, para atender o pedido dos avós, mas logo trocou por Pedagogia, cursando depois História. Ainda jovem, já convivia no meio político indiretamente, quando trabalhava com serviços administrativos na prefeitura.

“Naquela época eu entrei pra fazer IPTU, era tudo manual o cálculo, quando comecei era menor de idade e fui contratado para um serviço de 30 dias, mas fui ficando. Fazia hora extra também às vezes, a prefeitura tinha limite de contratação”, explica.

Orgulho

(Foto: arquivo pessoal)

O preconceito e as piadinhas sempre estiveram presentes, mas mesmo assim Valdir nunca omitiu seu jeito, nem mesmo após ocupar o cargo de vereador ou quando era titular da Semadur (Secretaria Municipal do Meio Ambiente). Ele afirma com orgulho sempre fazer questão de mostrar o que é.

“Meu mandato é compromisso maior com a população, não posso fazer nada que vá ferir as pessoas que me confiam o mandato, sempre preservo isso, mas não tenho como esconder meu jeito. Sempre tive só minha mãe e meu pai só apareceu no meu primeiro mandato de vereador. Muitas pessoas na Câmara viram [a foto] e comentaram, mas não desrespeito nem ofendo ninguém, é a minha vida. Sempre batalhei sozinho, trabalhava pra pagar aluguel, nunca mexi com coisas erradas. Mostrei aquilo ali deu vontade, meio estranha [risos], o ruim é quando você tem conduta ruim”, finaliza.

Leia Também

Chapadão do Sul recebe 'baita de uma chuva' e população comemora
Interior
Chapadão do Sul recebe 'baita de uma chuva' e população comemora
Adolescente de 17 anos mata marido a facadas dentro de casa em Corumbá
Interior
Adolescente de 17 anos mata marido a facadas dentro de casa em Corumbá
Juiz corregedor no RN bate o martelo: Jamil Name volta para Campo Grande em outubro
Cidade Morena
Juiz corregedor no RN bate o martelo: Jamil Name volta para Campo Grande em outubro
Ex-marido surta após festa em família, faz ameaças de morte e derruba mulher no soco
Interior
Ex-marido surta após festa em família, faz ameaças de morte e derruba mulher no soco