TJMS dezembro
Menu
Busca segunda, 09 de dezembro de 2019
Algo mais

Youtubers CG: Nérida faz sucesso na internet e já tem mais de 1 milhão de inscritos em seu canal

Jovem campo-grandense trancou a faculdade e agora sonha em alçar voos maiores

16 julho 2019 - 19h00Por Nathalia Pelzl

Hoje, muitas pessoas de todas as faixas etárias têm pensado em seguir a profissão de youtuber, graças a facilidade e o grande alcance da internet. Além disto, o profissional que atua nesta área tem a flexibilidade de horário, podendo, muitas vezes, atuar de casa.

Algumas pessoas podem desconhecer a profissão e se perguntar: mas o que faz esse profissional? Em resumo, a pessoa cria um conteúdo e divulga na internet, podendo optar por atuar em diversos segmentos, seja entretenimento, tutorial de maquiagem, mecânica e outros.

Para ter sucesso e conseguir ganhar dinheiro com essa forma de trabalho, é preciso dedicação. Em Campo Grande, Nérida Barbosa, de 20 anos, começou na área em 2015, quando tudo ‘era mato’ – igual dizem na internet – e hoje, já tem mais de 1 milhão de inscritos no canal. Ela conta como surgiu a ideia:

“Sempre gostei de fazer palhaçada, gravar vídeos. Já gravava para o Facebook, não pensando em público e sim porque eu gostava. Aí um amigo meu me chamou para abrir um canal no YouTube com ele em 2015, porque era moda da época. De início eu recusei, devido aos estudos e trabalho, só que ele insistiu tanto que eu acabei aceitando”.

De um convite que quase recusou, a jovem fez sua profissão. A youtuber conta que pegou gosto pela coisa e o sucesso apareceu mesmo quando decidiu abrir seu canal sozinha.

“Era chato ter um canal em dupla porque a gente tinha muito conflito de horário, quando um podia o outro não, conflito de ideia, um gostava da ideia outro não, e aí não agradava muito. Só que como eu tinha gostado da ideia de fazer vídeo, decidi abrir um canal para mim, assim não dependeria de ninguém, poderia colocar em prática minhas ideias. E aconteceu que, com uns dois meses que eu estava com o meu canal, só meu, cresceu muito, meu terceiro vídeo teve muitas visualizações, foi um vídeo sobre aparelho”.

Iniciando na carreia e com pouca idade, Nérida enfrentou algumas dificuldades e ameaça de processo após a divulgação do seu primeiro vídeo, isso porque sua dentista na época se ofendeu pelo conteúdo publicado.

“Até hoje não entendo porquê. Ela falou que queria que eu apagasse senão ela ia me processar. Como eu tinha acabado de começar a fazer, até explicar para os meus pais que não era nada disso, eu resolvi apagar, e esse vídeo era o que estava fazendo meu canal crescer. Eu fiquei triste, chorei bastante, meu canal deu uma estagnada”, conta.

Pensando em reverter a situação, a youtuber usou algo que quem deseja seguir na profissão precisa ter: CRIATIVIDADE, e criou um novo quadro para o seu canal, intitulado “Se a vida fosse respondida como música”.

(Foto: Reprodução/Facebook)

“Eu fiz um vídeo, só que não teve muita visualização, o pessoal amou e começaram a comentar e pedir outro. Fiz o segundo, aí eles pediram muito, como nunca tinha visto antes, aí quando eu fiz o terceiro, ele ‘bombou’. Tipo, de um dia para noite, ele bateu 100 mil visualizações, no outro 200 mil, e no outro 300 mil, enfim... Eu não acreditei quando vi, achei que era algum problema no YouTube. Aí eu fui fazendo mais vídeos e inventando outros, até que atingi um milhão de inscritos”, destaca.

Outras atividades

A youtuber conta que, quando começou a gravar os vídeos e encarar a atividade como profissão, foi no mesmo período que começou a faculdade de arquitetura. Segundo ela, para conciliar faculdade, a carreira de youtuber e o trabalho no qual ainda estava, chegou a dormir de três a quatro horas por noite.

Com o sonho de ser atriz, ela trancou a faculdade de arquitetura no 7º semestre, com o apoio dos pais e agora luta para conseguir um espaço.

“Conversei com meu pai, era o sonho dele me ver formada, mas ele me apoiou. Tranquei no início do ano e agora estou no YouTube, me matriculei em uma escola de teatro. Não estou parada, quero ser atriz e ver o que consigo aí para frente”, finaliza.

Para conferir o trabalho da Nérida, acesse: https://www.youtube.com/channel/UCDUTwUYWuH6qECPFUfyeVUA