TCE MAIO
TJMS MAIO
Menu
segunda, 23 de maio de 2022 Campo Grande/MS
GOV EMPREGO MAIO
Campo Grande

'A Deus dará': paciente denuncia falta de médicos há um ano no bairro Vida Nova II

Mulher destaca que já fez diversas reclamações na Sesau, mas nada mudou

15 dezembro 2018 - 07h00Por Dany Nascimento

Revoltada com a falta de médico no posto de saúde do bairro Vida Nova II, a manicure Ana Cristina Alves, 43 anos, relata que vive um caos após estar com problemas de saúde. Ela destaca que procurou atendimento no setor Vida Nova II e Anache, da unidade, mas foi informada que o local não possui médico para oferecer o atendimento.

“Eles falaram que quem precisar de médico tem que procurar atendimento no Coronel Antonino, porque não temos médico. Tinha um, mas faz um ano que não trabalha mais no local. As enfermeiras não podem atender e a população fica assim, sem médico. Precisamos que algo seja feito, precisamos que a prefeitura mande médico para nossa região”, diz a manicure.

Ana destaca ainda que enfrenta problemas no joelho e o filho passou por exames recentemente, que deveriam ser analisados por um clínico geral. “Eu tive derrame no joelho, preciso fazer exames, preciso de atendimento e não tem. Meu filho fez exames e algum médico precisa avaliar, mas não tem como porque não tem médico”.

A manicure diz que aqueles que não possuem veículo, precisam encarar horas dentro de um ônibus em busca de atendimento em outro bairro. “Quem não tem carro ou moto sofre mais ainda. Imagina você doente tendo que enfrentar horas dentro de um ônibus para conseguir atendimento? E ainda assim, correndo risco de não ter ninguém para atender”.

Atendendo ao pedido de funcionários do local, a manicure afirma que já fez diversas reclamações na Sesau (Secretaria Municipal de Saúde Pública). “Eu liguei muitas vezes porque eles pedem para a gente reclamar para ver se algo é feito, mas não adianta nada”.

Prefeitura

O TopMídiaNews entrou em contato com a prefeitura da Capital, mas até o fechamento desta matéria, nenhuma resposta foi encaminhada.