TOP MIDIA INSTITUCIONAL
Menu
quinta, 30 de junho de 2022 Campo Grande/MS
GOV ENERGIA ZERO JUNHO 2022
Campo Grande

Chega de abuso! Audiência debate preços altos e falta da hidroxicloroquina em farmácias da Capital

Preços abusivos foram denunciados à Câmara e variam de R$ 350 a R$ 800 reais

10 julho 2020 - 12h33Por Rayani Santa Cruz

Após denuncias de campo-grandenses que sofrem de lúpus, artrite reumatoide, ou doenças fotossensíveis que estão com dificuldades em adquirir a hidroxicloroquina para tratamento, vereadores da Câmara de Campo Grande promovem audiência pública para discutir o tema.

Com a chegada da pandemia e propaganda gratuita do presidente Jair Bolsonaro para o consumo do remédio contra a covid-19, a procura aumentou e caixas com 12 comprimidos com 40 miligramas que custavam R$ 70,00 agora são encontradas a valores que variam entre R$ 350,00 a R$ 800,00. O que prejudica os que realmente necessitam.

Na próxima segunda-feira (13), às 9h30,  parlamentares debatem sobre a insuficiência e os preços abusivos da hidroxicloroquina nas farmácias da Capital em tempos de Covid-19, o que vem prejudicando o tratamento de pacientes que já faziam uso contínuo deste medicamento para tratar outras doenças. 

O debate é convocado pela Comissão Especial em Apoio ao Combate à Covid-19. Foram convidados representantes da Secretaria Municipal de Saúde (Sesau), Procon, Conselho Regional de Farmácia, além de uma médica reumatologista e um médico que participou da elaboração do protocolo de enfrentamento à Covid-19. Pacientes que fazem uso regular deste medicamento também irão relatar as dificuldades que estão enfrentando.

Serviço:

Como medida para evitar a disseminação do coronavírus, o evento será fechado ao público, que pode acompanhar e participar pelo Facebook da Casa de Leis https://www.facebook.com/camaracgms/.