Menu
Busca domingo, 05 de julho de 2020
ALMS
Saúde

A PREÇO DE OURO: hidroxicloroquina está custando até R$ 810 em Campo Grande

Paciente com lúpus pediu ajuda de vereador para comprar a medicação que antes custava R$ 70 reais

30 junho 2020 - 12h00Por Rayani Santa Cruz

Durante a sessão desta terça-feira (30), o vereador Chiquinho Telles (PSD) chamou a atenção pela alta no preço da “medicação do Bolsonaro”, a hidroxicloroquina, em Campo Grande.

Ele diz que foi procurado por uma paciente que sofre com o lúpus, para ajudar na compra do medicamento, que subiu em praticamente todas as farmácias da cidade.

O vereador disse que a paciente comprava a caixa de remédios a R$ 70, antes das campanhas pelo uso para tratar coronavírus. Ele ligou em cinco farmácias e os preços variavam entre R$ 350, R$ 400 e R$ 810.

“Quem sofre de lúpus é natural tomar esse remédio. Há dois meses comprava-se por R$ 70 uma caixa com 60 comprimidos de 400 mg. Não podemos aceitar. No momento que as pessoas sofrem com lúpus, aproveitadores fazerem isso”, disse.

(Reprodução Live Facebook)

Chiquinho afirmou que encaminhou a situação ao Procon-MS, e o superintendente Marcelo Salomão afirmou que fará fiscalizações nas farmácias da Capital. 

Leia Também

Após ciclone bomba ameaçar MS, outro fenômeno chega no SUl do país
Geral
Após ciclone bomba ameaçar MS, outro fenômeno chega no SUl do país
Antes de perder batalha contra covid-19, Maria gravou vídeo e pediu que família se cuidasse
Algo mais
Antes de perder batalha contra covid-19, Maria gravou vídeo e pediu que família se cuidasse
Após ser infectado e curado da covid-19, Alex propõe reflexão sobre cuidados contra doença
Algo mais
Após ser infectado e curado da covid-19, Alex propõe reflexão sobre cuidados contra doença
'Um amigo, um conselheiro', diz Délia sobre secretário assassinado em Dourados
In Memoriam
'Um amigo, um conselheiro', diz Délia sobre secretário assassinado em Dourados