domingo, 14 de julho de 2024

Busca

domingo, 14 de julho de 2024

Link WhatsApp

Entre em nosso grupo

2

WhatsApp Top Mídia News
Campo Grande

há 4 dias

Justiça concede liberdade provisória a padre que ofereceu dinheiro para abusar de menor

Padre está proibido de se aproximar ou manter qualquer tipo de contato com a vítima e familiares

Após audiência, a justiça determinou liberdade provisória para o padre responsável pela Paróquia de Nossa Senhora Aparecida, nas Moreninhas, que foi preso após oferecer R$ 2 mil para ter relações e tentar abusar sexualmente de um adolescente de 16 anos. Segundo decisão da justiça, o padre está proibido de se aproximar ou manter qualquer tipo de contato com a vítima e familiares.

O caso ocorreu na madrugada desta segunda-feira (8), no bairro Vila Cidade Morena, em Campo Grande. 

Inicialmente a suspeita era de que ele responderia por importunação sexual, assim como a identificação do crime registrado em boletim de ocorrência, mas no termo de audiência saiu como favorecimento da prostituição ou outra forma de exploração sexual de vulnerável. 

Além disso, a Arquidiocese de Campo Grande afastou o padre de suas funções para que a autoridade policial, o Tribunal Eclesiástico e a Comissão de Proteção de Vulneráveis da Província Eclesiástica de Campo Grande conduzam com diligência as devidas investigações acerca dos fatos denunciados.

Durante este período de afastamento e no aguardo dos resultados das investigações, será nomeado um Administrador Paroquial para a já mencionada Paróquia.

O caso 

O padre de uma paróquia nas Moreninhas, de 41 anos, foi preso após oferecer R$ 2 mil para ter relações e tentar abusar sexualmente de um adolescente de 16 anos. O caso ocorreu na madrugada desta segunda-feira (8), no bairro Vila Cidade Morena, em Campo Grande. 

Segundo informações do registro policial, o pai do adolescente, que procurou a polícia, contou que o filho teria saído de casa sem autorização, indo até a residência de um homem, suposto "Pároco" de uma Paróquia das Moreninhas. 

Chegando no local, a polícia encontrou o portão entreaberto, e entrou no imóvel e chamou o suposto homem, que abriu a porta e dentro da casa, onde se encontrava o menor.

Ao questionar o autor a respeito do motivo do menor estar na cada dele, o mesmo respondeu que o convidou o menino para tratar sobre assuntos pertinentes a um acampamento da igreja. 

Já o menor, ao ser questionado a respeito dos fatos, contou que o homem teria oferecido a quantia de R$ 2 mil para ter relações sexuais com ele, e que teria tentado passar a mão em sua genitália, e que neste momento o adolescente teria se trancado em um banheiro e pedido ajuda ao seu pai e irmão, que acionaram a polícia militar. 

Ainda segundo o BO, o autor se nega ter importunado sexualmente o menor, mas a vítima apresentou a polícia prints da conversa que teve com o autor e a oferta em dinheiro. 

Todos foram encaminhados a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Cepol para as providências e o homem foi preso. 

Loading

Carregando Comentários...

Veja também

Ver Mais notícias
AMIGOS DA CIDADE MORENA ABRIL NOVEMBRO