TCE Novembro
TJMS DEZEMBRO
Menu
sábado, 04 de dezembro de 2021 Campo Grande/MS
pmcg revia negocios
Campo Grande

Ministério Público do Trabalho vai investigar assédio moral no Carrefour de Campo Grande

Trabalhador do setor de Eletro foi humilhado por gerente de setor

27 outubro 2021 - 13h14Por Diana Christie

O MPT-MS (Ministério Público do Trabalho em Mato Grosso do Sul) (MPT-MS) instaurou procedimento investigatório para apurar a denúncia contra supervisora suspeita de humilhar um funcionário no Carrefour de Campo Grande.

Além disso, a instituição informou que já investiga a empresa pela prática de assédio moral. Após a distribuição da notícia de fato, o procurador responsável terá 30 dias para coleta de provas, que podem ser prorrogados por mais 90 dias.

O caso

Gerente do setor de Eletro do Carrefour foi gravada humilhando o vendedor Pedro Henrique, 23 anos. Ela o obrigou a limpar o chão.

O vídeo foi filmado por uma cliente, que Pedro não conhece, e teria se revoltado com a situação. A vítima diz que a cena teria ocorrido no dia 28 de setembro.

Pedro contou que atua na loja há quatro anos e já foi até promovido. Ele detalhou que é vendedor do setor de Eletro e a gerente da loja recebeu ordens para deixar tudo limpo, em razão da visita da diretora regional do Carrefour.

Primeiro, diz Pedro Henrique, a gerente exigiu que ele limpasse geladeira e fogão. Depois, viu que tinha uma mancha no piso do corredor central, segundo ele causado por um adesivo ou cola.

A vítima diz que a empresa terceirizada não conseguiu tirar a mancha e o serviço foi passado para ele. ‘’Sua missão vai ser limpar isso aqui’’, disse ao rapaz.

Ele destacou que tentou de várias formas tirar a sujeira, e até jogou o pano no chão para esfregar com o pé, mas não conseguiu.

‘’Aí ela disse: ‘se vira, fique de quatro e dê um jeito de limpar isso’’, relatou Pedro Henrique. Enquanto ele limpava, a gerente ligou para a diretora da unidade, identificada como ‘’Rosana’’, e tirou sarro do vendedor.

‘’Rô, olha isso, esse menino tem valor [tom de deboche]... Ele não limpa a casa dele’’, zombou a gerente para a suposta diretora.

‘’Foi um constrangimento que eu passei na frente de todo mundo’’, garantiu a vítima. Ele disse que se sujeitou a fazer a limpeza porque está terminando a faculdade e teve medo de levar advertência ou ser demitido.