Maracaju III agosto verde 2022
TOP MIDIA INSTITUCIONAL
Menu
quarta, 17 de agosto de 2022 Campo Grande/MS
Lobo Guará
Campo Grande

Não pode? Cliente come marmitex em restaurante, é maltratado e polêmica cai no Facebook

Era primeira vez do consumidor naquele local

25 julho 2019 - 09h30Por Thiago de Souza

A polêmica da vez no Facebook é sobre um cliente que comeu uma marmitex dentro de um restaurante no bairro Tiradentes. Ele conta que foi maltratado por conta disso e levou ao caso ao "Tribunal do Júri" do Facebook, no grupo Aonde Não Ir em Campo Grande. A discussão sobre o tipo de refeição rendeu.

O internauta diz que pediu o marmitex em um restaurante que não conhecia. Sua ideia, diz ele, era pegar a refeição e levar para o trabalho. Mas mudou de ideia e resolveu comer ali mesmo. Ele disse que foi autorizado a comer ali e até  foi bem tratado, mas depois a coisa virou.

“...então outra pessoa disse que não. Devolvi o talher, fechei a marmita e saí. Fui convidado a sair do local porque não podia comer marmitex ali’’, relembrou o cliente. Ele completa:

“Fiquei constrangido com a situação, no entanto não quis discutir nem questionar’’, lamentou o consumidor.

As opiniões se dividiram no grupo. Uma mulher declarou: “na minha opinião, marmitex você leva embora! Quem consome no ambiente, vai dar despesa, evidente! Despesa com talheres, banheiros, etc. O estabelecimento está correto. Minha opinião, ok!!”.

Nos comentários, surgiu a informação de que o marmitex é mais barato do que o prato servido no local, por isso o estabelecimento estaria correto. Mas a justificativa não convenceu uma internauta.

“Discordo de alguns dizendo que o Marmitex é mais barato e tals, até porque o restaurante que almoço tem diferença de 1 real do Marmitex para o prato feito... Então isso não justifica’’, refletiu.

“Que ridículo do comerciante. Qual o problema do cliente comer sua marmitex no local? Seria mais educado oferecer um prato feito ao cliente antes de pedir para sair’’, explicou outro membro do grupo.

Já outro ponderou a questão: “marmitex é para viagem e ponto. Mas o comerciante para evitar problema como esse poderia ter colocado um aviso”.

Superintendente do Procon/MS, Marcelo Salomão, diz que, em uma análise inicial, o caso configura como um desrespeito ao consumidor. ''Estava escrito no estabelecimento que não pode comer marmitex no restaurante? Então não pode proibir''. 

E você, leitor, o que acha? Pode ou não pode?