TJMS AGOSTO 2022
Expo VIP Beleza
Menu
terça, 09 de agosto de 2022 Campo Grande/MS
SENAI SUPER BANNER JULHO E AGOSTO 2022
SENAI MOBILE JULHO AGOSTO 2022
SENAI MOBILE JULHO AGOSTO 2022
Campo Grande

Ovo ou barra de chocolate? Dilema é antigo, mas menor preço anda ganhando nesta Páscoa

A população afirma que prefere adquirir barras de chocolate porque os ovos são comercializados por preço fora 'do normal'

30 março 2019 - 09h30Por Dany Nascimento

Apostar nas vendas de ovos de páscoa não é a maior missão dos supermercados em 2019, já que o produto não é visto com ‘bons olhos’ pela população, pelo valor comercializado. De acordo com Leandro da Silva, 36 anos, gerente comercial de uma Rede de Supermercado da Avenida Manoel da Costa Lima, a procura pela mercadoria é fraca e a Rede acredita na troca da compra de ovos por barras de chocolate.

“Colocamos poucos ovos no corredor por conta do clima, que está quente e acaba derretendo a mercadoria. Quase não está vendendo, porque já sai das fornecedoras com um preço alto, o que ganhamos na venda dos ovos na verdade é apenas o pagamento dos impostos. A população acaba trocando os ovos por barras de chocolate, que apresentam queda no preço durante a páscoa”, explica o responsável.

De acordo com Leandro, as vendas aumentam quando a loja lança promoção e, ainda assim, dos ovos com brinquedos. “As crianças que gostam muito pela surpresa que encontram no produto. As pessoas gostam de comprar mesmo quando encontram promoção na venda de dois ovos ou mais”.

No Supermercado é possível encontrar ovos de páscoa a partir de R$ 9,99. A doméstica Irani Delfino, 45 anos, afirma que não compra ovos e aproveita a época para adquirir barras. “Eu prefiro barra, caixa de chocolate, não tenho mais criança em casa. O preço dos ovos é muito alto, não compensa comprar, prefiro comprar chocolates de vários tipos em uma caixa de bombom e comer. Claro que ovos recheados são muito gostosos, mas o preço não atrai”.

Concordando com as críticas de preço elevado, a vendedora Élida Silva, 36 anos, afirma que prefere comprar barras de chocolate e confeccionar ovos para os filhos. “Eu tenho dois filhos, compro uma barra grande e, dela, eu faço três ovos de páscoa e gasto muito menos do que se fosse comprar. Eles colocam preços muito altos, é complicado, não compensa comprar”.

A aposentada Catarina de Jesus, 63 anos, afirma que nem perde tempo olhando o preço dos ovos de pascoa. “Eu passo reto, nem olho porque sei que não tem um preço interessante, que compensa, então nem perco tempo olhando”.