TOP MIDIA INSTITUCIONAL
Menu
domingo, 26 de junho de 2022 Campo Grande/MS
GOV ENERGIA ZERO JUNHO 2022
GOV CRESCIMENTO JUNHO 2022
GOV CRESCIMENTO JUNHO 2022
Cidades

Aneel autoriza reajuste nas contas de luz, mas alta de 6,9% só virá em julho em MS

Acordo ocorreu entre Energisa e a agência reguladora

07 abril 2020 - 19h47Por Thiago de Souza

A pedido da Energisa, a Agência Nacional de Energia Elérica, a Aneel, autorizou que o reajuste de 6,9%, a qual a concessionária tem direito, seja aplicado somente a partir de julho deste ano. A decisão foi divulgada na noite desta terça-feira (7), pela empresa em MS. 

Conforme nota da Energisa, o reajuste poderia ser aplicado já para o mês seguinte, no entanto, em razão da crise do novo coronavírus, a concessionária resolveu adiar a alta no preço. Porém, ainda segundo a nota, a Energisa ressalta que os valores que deixarem de ser cobrados agora serão cobradas de forma parcelada a partir de 2021. 

A explicação da concessionária detalha a composição do reajuste, afirmando que a compra da energia foi o componente que mais pesou, neste caso com 4,05%. Conforme a empresa, a usina de Itaipu é valorada a dólar, cuja cotação segue em alta. O transporte da energia pesou o equivalente a 0,83% no reajuste e a distribuição em 2,49%.