Menu
quarta, 30 de setembro de 2020
Cidades

Burocracia emperra convocação de professores aprovados em concurso do Estado

Secretaria não dá previsão, mas diz que certame está em andamento

04 agosto 2019 - 09h30Por Thiago de Souza

Governo do Estado ainda não tem previsão de quando vai convocar professores aprovados no mais recente concurso público para a Educação. Somente 73 candidatos passaram na prova e relatam dificuldades financeiras, om isso a necessidade do chamamento. 

Um dos candidatos reclama que, desde março deste ano, não conseguiu mais informações a respeito do andamento do processo seletivo. Em junho deste ano, diz ele, a previsão do órgão era que o processo seria homologado em julho com nomeação para o segundo semestre. Depois, diz o reclamante, os prazos mudaram e já não havia mais previsão para a convocação.

"...muitos colegas estão desempregados e aguardam o desfecho do concurso", lamenta o candidato aprovado. 

Conforme a assessoria da Secretaria de Administração e Desburocratização, a SAD, o concurso está em prosseguimento.

Na terça-feira (30), diz a secretaria, terminou o prazo de recurso para candidatos (setor administrativo) que se autodeclararam negros ou indígenas e que tiveram seus pedidos de cotas negados pela comissão de avaliação do certame.  

"Há, portanto, todo um trâmite que precisa ser seguido para publicação do resultado final", respondeu a SAD.

As provas do concurso para professores da rede estadual, que ofertou mil vagas, ocorreram em 16 de dezembro de 2018 e teve 73 aprovados.   

Leia Também

Ao contrário do esperado, fronteira teve apenas alguns pontos reabertos
Cidades
Ao contrário do esperado, fronteira teve apenas alguns pontos reabertos
Ministério da Agricultura vai investigar 'sementes misteriosas' vindas da China
Geral
Ministério da Agricultura vai investigar 'sementes misteriosas' vindas da China
Corrupção: vice toma posse após prefeito ser cassado pela Câmara de Bandeirantes
Política
Corrupção: vice toma posse após prefeito ser cassado pela Câmara de Bandeirantes
Com cachorro no colo, Bolsonaro sanciona pena maior para maus-tratos a animais
Geral
Com cachorro no colo, Bolsonaro sanciona pena maior para maus-tratos a animais