TCE SETEMBRO
Menu
sexta, 24 de setembro de 2021 Campo Grande/MS
Cidades

Em liberdade, vereador acusado de agredir e asfixiar noiva deve enfrentar pedido de cassação

Ele passou uma semana na cadeia e pode ter mandato cassado na Câmara de Dourados, se houver o aval da maioria

13 setembro 2021 - 11h32Por Rayani Santa Cruz

Após passar quase uma semana preso na Penitenciária Estadual de Dourados, o vereador Diogo Silveira Castilho (DEM) acusado de agredir e asfixiar a noiva, teve o pedido de liberdade provisória concedido no último sábado (11), pela segunda instância. Agora, ele deve enfrentar um pedido de cassação de mandato protocolado na Câmara na semana passada. 

Caso a maioria dos vereadores concorde, Diogo será alvo de comissão processante por 90 dias e pode vir a perder o posto na Casa de Leis.

A liberdade veio após diversos pedidos negados em primeira instância. A defesa recorreu  e conseguiu a liberdade através de decisão do desembargador Ruy Celso Barbosa Florence, da 2ª Câmara Criminal.

O vereador e médico de Dourados foi preso em flagrante na noite do dia 4 de setembro, acusado de ameaçar e agredir a noiva, uma dentista de 27 anos. O processo está sob sigilo.

Leia Também

Rinaldo vê sensibilidade do Governo e Assembleia na redução do ICMS das contas de luz
Campo Grande
Rinaldo vê sensibilidade do Governo e Assembleia na redução do ICMS das contas de luz
PF em Corumbá prende boliviana envolvida no desastre do avião da Chapecoense
Interior
PF em Corumbá prende boliviana envolvida no desastre do avião da Chapecoense
Jovem que matou amiga com tiro na nuca pega 12 anos de prisão em Ivinhema
Interior
Jovem que matou amiga com tiro na nuca pega 12 anos de prisão em Ivinhema
Pedreiro é executado por dupla em moto em frente de obra em Aral Moreira
Interior
Pedreiro é executado por dupla em moto em frente de obra em Aral Moreira