Menu
terça, 11 de agosto de 2020
Geral

Bebê declarado morto pelo hospital é encontrado chorando por agente funerário

Polícia vai averiguar se houve 'milagre' ou erro médico

14 janeiro 2020 - 17h38Por Thiago de Souza

Bebê de 48 dias foi declarado morto pelo hospital da Unimed, vítima de broncoaspiração, no último domingo (12), em Foz do Iguaçu, no Paraná. Porém, para surpresa de todos, o pequeno foi achado chorando por um agente funerário.

Segundo o Paraná Portal, o agente responsável por recolher o cadáver encontrou Theo Schoenacher Sant’anna cinco horas após a declaração da morte no necrotério do hospital.

A primeira a ser informada sobre o ''milagre'' ou ''erro'' foi a avó da criança, que depois avisou os pais.

''A gente não acreditou. Achei que era um erro, que era o prontuário de outro bebê, mas quando chegamos na Unimed realmente vimos que era o nosso filho. Eles tinham trocado o plantão e os médicos tinham entubado e estavam tentando o aquecer porque estava muito frio'', disse a mãe de Theo, Gabriela Schoenacher Moraes.

A família transferiu o pequeno Theo para o hospital Ministro Costa Cavalcanti, onde foi internado na UTI. Porém, apesar de todo esforço, o bebê morreu na segunda-feira (13), após duas paradas cardíacas.

Leite em pó

Segundo a mãe Gabriela, Theo foi levado para o hospital Unimed por sentir desconforto abdominal e refluxo após ingerir uma fórmula à base de leite em pó, receitada pelo pediatra para ajudar a ganhar peso.

''Ele estava tomando soro no meu colo e de repente começou a chorar muito de dor e apagou no meu colo, parou de respirar'', relata Gabriela sobre o momento crítico.

Depois disso, a equipe médica tentou fazer a reanimação de Theo por 40 minutos, mas acabou declarando a morte do bebê.

A Polícia Civil tomou conhecimento do caso e promete apurar o que ocorreu com o bebê.

A Unimed Foz do Iguaçu informou que o caso é inédito e colabora com as investigações. No entanto, destaca a importância da elucidação dos fatos para evitar julgamentos precipitados.

A unidade prometeu toda a assistência para a família do garoto Théo.

 

Leia Também

Vereadores comemoram desistência de lockdown em Campo Grande
Política
Vereadores comemoram desistência de lockdown em Campo Grande
Marido de idosa morta por Covid após ser tida como curada também morre de coronavírus
Geral
Marido de idosa morta por Covid após ser tida como curada também morre de coronavírus
Mato Grosso do Sul tem 21 mortes por coronavírus nas últimas 24 horas
CORONAVÍRUS
Mato Grosso do Sul tem 21 mortes por coronavírus nas últimas 24 horas
Lei seca e prorrogação do toque de recolher são sugeridas para evitar lockdown em Campo Grande
CORONAVÍRUS
Lei seca e prorrogação do toque de recolher são sugeridas para evitar lockdown em Campo Grande