TOP MIDIA INSTITUCIONAL
Menu
segunda, 04 de julho de 2022 Campo Grande/MS
Geral

Coronavírus: Bolsonaro diz que 'vão morrer alguns sim, mas não podemos deixar esse clima todo aí'

Presidente criticou Dória e Witzel: 'oportunistas'

21 março 2020 - 12h41Por Thiago de Souza

Durante entrevista ao apresentador Ratinho, do SBT, exibida na noite desta sexta-feira (20), o presidente Jair Bolsonaro falou, entre outras coisas, sobre o surto do novo coronavírus. Ele disse que ''vão morrer alguns sim, mas não podemos deixar esse clima todo aí''. 

Segundo o site Conversa Afiada, o presidente voltou a falar em histeria e criticou a postura de outros administradores em relação a doença. 

''Não adianta eu falar 'fiquem calmos', ou 'esperem uma guerra'. Primeiro porque eu estou me violentando. Eu não quero histeria porque isso atrapalha'', disse. E alfinetou: 

''Tem certos chefes de estado por aí, até prefeitos, já falando em decretar interdição de aeroporto, fechando shoppings… É inadmissível isso'', disse. 

Ao responder outra pergunta sobre a doença, o presidente disse que ''....a chuva está vindo aí, você vai se molhar, agora se você botar uma capinha aqui, tudo bem, passa, agora se você entrar em parafuso, você vai morrer afogado embaixo da chuva.''.

Ainda de acordo com o Conversa Afiada, quando questionado sobre a briga com os governadores João Doria, de São Paulo, e Wilson Witzel, do Rio de Janeiro, Bolsonaro respondeu que o tucano se elegeu usando o nome dele e Witzel ''colou'' em seu filho Flávio durante a campanha eleitoral. Ele afirmou que ambos viraram seus ''inimigos'' por estarem de olho na Presidência.