TCE ABRIL 16 A 22/04
Menu
segunda, 19 de abril de 2021
COVID CONFLITO
Geral

Estudante teria usado faca e espada para matar gamer

MP pediu exame de insanidade mental

26 fevereiro 2021 - 07h57Por Nathalia Pelzl

O Ministério Público (MP) denunciou à Justiça, nesta quinta-feira (25), o estudante Guilherme Alves Costa, 18 anos, pelo assassinato da jogadora profissional de games Ingrid Oliveira Bueno da Silva, 19 anos. 

O crime aconteceu na última segunda-feira (22), na casa dele, em Pirituba, na Zona Norte de São Paulo. 

Segundo o G1, A Promotoria ainda pediu a realização de um exame de insanidade mental no jovem, que está preso preventivamente após confessar o crime.

De acordo com a acusação, o assassino usou uma faca e uma espada para matar Ingrid. 

Guilherme está sendo acusado por homicídio doloso qualificado por motivo fútil e meio cruel. 

O motivo do assassinato ainda é investigado pela Polícia Civil. A suspeita é de que o crime tenha sido premeditado.

Apesar de ter se mantido em silêncio durante o interrogatório, Guilherme havia gravado um vídeo e compartilhado com outras pessoas para mostrar o crime que havia acabado de cometer. 

Ele também confessou o assassinato numa filmagem feita por policiais que o prenderam em flagrante.

Durante sua confissão, Guilherme afirmou aos policiais que escreveu um livro de 52 páginas para explicar os objetivos do crime. A polícia conseguiu uma cópia do suposto livro que foi anexada ao inquérito.

O caso está sendo investigado.