Menu
Busca sexta, 29 de maio de 2020
camara municipal
Geral

Fetems esconde detalhes de manifestação contra reforma da Previdência

Participantes de reunião se calam após divulgação na imprensa sobre o patrimônio de presidente da entidade

11 junho 2019 - 18h01Por Redação

O encontro na Fetems (Federação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul) que nesta terça-feira (11) define as ações da greve geral da próxima sexta-feira (14) em Mato Grosso do Sul acontece a portas fechadas. Especificamente, a direção da entidade definiu que não atende alguns dos veículos de imprensa local. 

O motivo explicitado pela assessoria de imprensa da federação é a divulgação dos ganhos de seu presidente, Jaime Teixeira. Em maio, o TopMídiaNews publicou que o salário do líder sindicalista era de R$ 6.784,38 ao mês e tem patrimônio de cerca de mais de R$ 1 milhão. 

Jaime Teixeira declarou possuir um veículo de luxo, marca Mitsibishi/Pajero Dakar, avaliado em R$ 95 mil. Além de aplicação de renda fixa de R$ 692,472,00. Investimento em fundo de curto prazo de R$ 450.528,63 e mais um depósito de R$ 46,316,99. Totalizando o valor de R$ 1.284.317,62 milhão.

Reivindicações

Atualmente, a discussão junto ao Governo do Estado segue parada. Os profissionais da Educação reivindicam a incorporação dos R$ 200 nos salários, chamamento de aprovados em concurso público, manutenção das seis horas e políticas de valorização salarial. 

Já a greve geral nacional que acontece na sexta-feira une diversas categorias de trabalhadores e se fundamenta principalmente contra o projeto de Reforma da Previdência do governo Bolsonaro, contra bloqueios e cortes na verba da educação e contra a falta de emprego no país.

 

 

Leia Também

Weintraub presta depoimento para Polícia Federal em inquérito das fake news
Polícia
Weintraub presta depoimento para Polícia Federal em inquérito das fake news
Atriz de 'tapa na pantera' está em estado grave no hospital
Geral
Atriz de 'tapa na pantera' está em estado grave no hospital
AMICÃO viu idoso agonizar ao morrer queimado na região das Moreninhas
Cidades
AMICÃO viu idoso agonizar ao morrer queimado na região das Moreninhas
Vítima de coronavírus vivia em Dourados e deixa três filhos
Interior
Vítima de coronavírus vivia em Dourados e deixa três filhos