Menu
terça, 24 de novembro de 2020
Geral

Presidente do Carrefour lamenta morte: “imagens insuportáveis”

Homem de 40 anos foi espancado até a morte por dois seguranças de um supermercado de Porto Alegre

21 novembro 2020 - 16h14Por Nathalia Pelzl

O presidente do grupo Carrefour, Alexandre Bompard, utilizou as redes sociais para comentar a morte de João Alberto Silveira Freitas, de 40 anos, que foi espancado até a morte por dois seguranças de uma unidade do supermercado, localizada em Porto Alegre (RS).

O caso ocorreu na quinta-feira (19). Em português, o executivo francês afirmou: “Meus valores e os valores do Carrefour não compactuam com racismo e violência”. Em seguida, ele também comentou as cenas chocantes, que mostram o homem sendo agredido por mais de cinco minutos.

“Em primeiro lugar, gostaria de expressar meus profundos sentimentos, após a morte do senhor João Alberto Silveira Freitas. As imagens postadas nas redes sociais são insuportáveis”, diz Alexandre Bompard. “Eu pedi para as equipes do Grupo Carrefour Brasil total colaboração com a Justiça e autoridades para que esses os fatos deste ato horrível sejam trazidos à luz”, completou.
 

Leia Também

Chamados de macacos: após ataques, secretário ressalta capacitação da Guarda Civil
Polícia
Chamados de macacos: após ataques, secretário ressalta capacitação da Guarda Civil
Deputado faz alerta sobre 2ª onda da Covid-19 em MS
Política
Deputado faz alerta sobre 2ª onda da Covid-19 em MS
Trabalhador é esmagado por caminhão e morre na hora
Cidade Morena
Trabalhador é esmagado por caminhão e morre na hora
Vereadores eleitos são condenados por fraude na folha de ponto e podem pagar R$ 1,4 milhão
Cidade Morena
Vereadores eleitos são condenados por fraude na folha de ponto e podem pagar R$ 1,4 milhão