Menu
segunda, 25 de outubro de 2021 Campo Grande/MS
Geral

Vice-presidente da Câmara arrega para Bolsonaro: 'não vou pedir impeachment'

No início da semana, o parlamentar avaliou autorizar a abertura do processo quando ocupasse o comando da Casa

23 julho 2021 - 21h12Por Thiago de Souza

O deputado federal Marcelo Ramos, do PL, que é vice-presidente da Câmara, avaliou, nesta sexta-feira (23), que não vai pedir o impeachment do presidente Jair Bolsonaro. 

Na condição de vice comandante da Casa, Ramos assume esporadicamente a presidência da Câmara e, pela Constituição, poderia autorizar a abertura de processo para depor o presidente. 

No início da semana, Ramos cogitou a possibilidade de abrir o processo, inclusive citou que o ‘’superpedido’’ de impeachment feito pela oposição tinha consistência jurídica e continha crimes graves do presidente, como ameaças ao processo eleitoral. 

No entanto, o parlamentar mudou de posição. Ele destacou que avaliou que não poderia tomar a medida sem a certeza jurídica de que poderia fazê-lo. Haveria o risco, diz Ramos, de deslegitimar o instrumento do impeachment.