Menu
sábado, 25 de setembro de 2021 Campo Grande/MS
MORTE EM RODOVIA

'Perda inexplicável': familiares e amigos lamentam partida de Emily em acidente

Lamentações foram publicadas nas redes sociais da jovem, que morreu em um grave acidente na BR-262, em Água Clara

29 julho 2021 - 19h00Por Vinicius Costa

"Meu coração chora por uma perda inexplicável", é assim que a prima de Emily Carolina de Oliveira Dias, de 19 anos, se despede da jovem que morreu em um grave acidente na madrugada desta quinta-feira (29), na BR-262, na cidade de Água Clara. Familiares e amigos também manifestaram suas últimas emoções.

Pela manhã desta quinta, as redes sociais foram tomadas por mensagens de carinhos, lamentações pela ida tão precoce da jovem, que tinha um futuro pela frente e enxurrada de comentários dando suporte para os familiares.

"Até agora não dá para acreditar. Cuidei de você e agora recebo essa notícia triste que você se foi, muito triste, meu coração está partido", disse uma conhecida da família de Emily. No mesmo sentido, a irmã da vítima lamenta.

"Deus te receba de braços abertos Emily Carolina. Eu sempre vou te amar minha irmã". As mensagens foram de monte, seja de parente, amigo ou até mesmo um conhecido de vista que notou a perda ao ver as notícias do acidente que vitimaram Emily, quando deixou o trabalho acompanhado daquele que seria seu "parceiro" de relacionamento.

"Porque foi logo você amiga, saudades eternas, te amo amiga", disse uma amiga. "Meu Deus do céu, não acredito que a Emily se foi tão nova", compartilhou outra colega nas publicações de despedida. "Meu Deus não acredito, a Emily essa menina é um doce de gente".

"Uma menina cheia de vida. Tô sem acreditar, misericórdia eu vi crescer e era minha cliente maravilhosa", indagou uma conhecida.

Acidente

O motorista do carro, identificado como Sidnei Ferreira dos Santos, 35 anos, estava bêbado e foi preso em flagrante. Conforme registro da ocorrência, os dois estavam em um VW Gol quando a PRF (Polícia Rodoviária Federal) chegou ao local. A mulher já estava morta. 

A identificação aconteceu com a ajuda da mãe, de 45 anos, que foi até a delegacia reconhecer os fatos após saber da morte por meio de uma amiga.

Na atualização do boletim de ocorrência, a mãe relatou para a polícia que a filha havia deixado o bar que trabalha ainda na noite de ontem acompanhado de Sidnei Ferreira - preso em flagrante por dirigir bêbado e provocar a morte de Emily -, e que iria retirar um dinheiro para pagar o conserto do celular dela.

Contudo, a mãe da vítima ainda explicou que a jovem passaria na casa da sua irmã para fazer chapinha e que poderia demorar um pouco, assim, não estranhando a demora dela em mandar notícias. Ela ainda indagou que rotineiramente, sua filha dormia na casa da irmã.

No entanto, ela ficou sabendo sobre o acidente na manhã desta quinta por meio de uma amiga e buscou a delegacia de Água Clara para saber dos fatos que aconteceram entre a noite de ontem e a madrugada de hoje.