(67) 99826-0686
entregas

Na Lata: vereador usa assessores pagos com dinheiro público para divulgar livro pessoal

14 MAR 2019
Ana Terra
10h42min

Panfletos sobre o lançamento do livro escrito pelo vereador André Salineiro (PSDB) foram distribuídos durante sessão na Câmara Municipal nesta quinta-feira (14). Até aí tudo bem, mas o problema é que assessores que deveriam cuidar do mandato parlamentar – pagos com dinheiro público – que ficaram responsáveis pela tarefa. Vale lembrar que o livro nada tem a ver com Campo Grande, mas trata-se de uma autobiografia romanceada falando da vida de Salineiro como Policial Federal.

Na Lata: sem cargo, Bernal ataca a tudo e a todos e explode próprio partido

13 MAR 2019
Ana Terra
09h00min

Depois de perder oficialmente o cargo de deputado federal, Alcides Bernal tem se mostrado cada vez mais amargo e se afasta gradativamente de toda a cúpula do PP, partido que ainda mantém a presidência, aparentemente não por muito tempo.

Depois de atacar a vereador Dharleng Campos e a ex-secretária da Mulher e advogada Jacqueline Hidelbrand, ele agora se volta contra Valdir Gomes. E, pior, as críticas saem do campo político para o pessoal. Uma degradação só. Veja:

Na Lata: deputado usa mensagem homofóbica para atacar adversários e envergonha MS

11 MAR 2019
Capitu
09h32min

O deputado federal Loester Trutis (PSL) decidiu envergonhar – ainda mais – Mato Grosso do Sul com uma postagem homofóbica para atacar adversários políticos de Jair Bolsonaro (PSL). Pra ele, quem chama o presidente de “Bozo” e seus apoiadores de “bolsominions” ‘queima a rosca’, ou seja, é gay. Fica a pergunta: qual o problema em ser? Até onde sabemos, isso não desqualifica ninguém. Agora associar ser gay com algo que não se gosta, no caso quem discorda do atual governo, é preconceito do mais grosseiro possível.

Na Lata: vergonha nacional, criador do ‘ET Bilu’ não para de receber homenagem em MS

9 MAR 2019
Denis Bergkamp
13h00min

Urandir Fernandes, o criador do ‘ET Bilu’, não para de ser homenageado em Mato Grosso do Sul. Mesmo após ter virado piada nacional, quando recebeu prêmio da Assembleia Legislativa.

A mais recente homenagem foi em Rochedo, onde recebeu o título de cidadão rochedense. Parece que esses políticos nunca aprendem...

Na Lata: há 1 ano, vereador que prega 'descer o cacete' em vândalos se desculpava por atacar índios

8 MAR 2019
Capitu
12h53min

O vereador André Salineiro (PSDB) parece ter algum fetiche em “descer o cacete”, seja em vândalos ou em índios.

Por coincidência (ou não?), o incentivo ao uso excessivo da força policial contra vândalos e baderneiros que tumultuaram o Carnaval de rua em Campo Grande foi realizado exatamente um ano depois de ele declarar que a polícia deveria “mandar o cacete” nos índios que bloqueavam rodovias na luta por direitos.

Com contextos e ambiente político diferentes, dessa vez ele não precisará pedir desculpa – novamente - para os exageros. Se bem que dizer que usa os direitos humanos quando falta papel higiênico é de uma intolerância sem cálculos...

Na Lata: livro de agente da PF famoso tem mais cara de contos de fada

7 MAR 2019
Denis Bergkamp
10h51min
Imagem Ilustrativa

Famoso policial federal da política sul-mato-grossense divulga livro ‘intenso’ sobre os trabalhos na instituição. O problema é que a obra virou motivo de piada dentro da própria PF.

“Tem mais cara é de contos de fada”, disparou um dos mais antigos, e competentes, agentes federais de MS.

Parece que a moral do famoso anda láaaaaa embaixo...

Na Lata: campo-grandense reclama de cancelamento de Carnaval, mas vândalos destroem Centro

6 MAR 2019
America Singer
14h57min

Os cordões se esforçaram, conversaram com Ministério Público, Prefeitura, assinaram termo de compromisso, acabaram com a festa no horário, mas nada os salvou do vandalismo. Não deu nem para as grades do monumento Maria Fumaça, que foram totalmente destruídas. As cercas da casa do prefeito e os arredores da Esplanada então, nem se fala. Depois o campo-grandense reclama do cancelamento do Carnaval, mas assim fica difícil....

Na Lata: na cara dura, senadora diz que alunos da escola pública custam mais que os da particular

5 MAR 2019
Capitu
10h05min

Na cara dura, a senadora Soraya Thronicke (PSL) declarou que “os alunos da rede pública custam mais do que os da rede privada”. Tudo para defender a privatização da educação. “Está na hora de aceitarmos que o país é um péssimo prestador de serviço, mas não é por isso que não vai entregá-lo. Voucher ou cheque escolar é a solução. O mesmo deve se dar na saúde. Na América Latina, o Chile é um bom exemplo de que o sistema deu certo”, diz a nobre parlamentar.

Agora vamos para uma comparação rápida: o aluno da escola pública custa para o governo entre R$200 e R$ 400 mensais (veja cálculos). Nas escolas particulares de Campo Grande (confira preços aqui), a mensalidade mais barata é encontrada por volta de R$ 390, isso sem incluir gastos com material escolar, merenda, uniformes, que são oferecidos gratuitamente na rede pública... Faça as contas e compare!

Na Lata: parece piada, mas Energisa é eleita melhor empresa de energia do Centro-Oeste. Quem votou?

4 MAR 2019
Capitu
12h24min

Ironicamente, apesar das reclamações diárias de problemas no serviço e até movimento organizado de vereadores de todo Mato Grosso do Sul contra as altas tarifas praticadas pela Energisa, a concessionária foi eleita a melhor empresa de energia elétrica do Centro-Oeste.

Segundo a própria Energisa, o Prêmio Iasc 2018 retrata o grau de satisfação do consumidor em relação à qualidade dos serviços prestados pelas distribuidoras de energia elétrica. Quem elege as empresas vencedoras é a própria população, por meio de pesquisa de opinião. Mas a pergunta que fica, quem votou nisso? Você, leitor, foi consultado?

Na Lata: fora da política, Siufi tem projeto vetado e só é defendido pelo PT

2 MAR 2019
Capitu
09h00min

Deputado que mais chorou por ter projetos vetados pelo Poder Executivo, Paulo Siufi (MDB) enfrentou mais uma derrota parlamentar sem nem poder discutir. Fora da Casa de Leis, ele teve que assistir, impotente, a aprovação de veto total ao Projeto de Lei 119/2018, que proíbe a formação através do Ensino a Distância (EAD) para profissionais da área da saúde. Uma pena, já que o projeto era bem bacana...

Em tempo, o único defensor da proposta foi Pedro Kemp, do PT. Barbosinha (DEM) justificou que o projeto é inconstitucional por invadir competência da União. Em outras palavras, não é da alçada dos deputados discutirem a questão.