Menu
quarta, 30 de setembro de 2020
Polícia

‘Menina caiu do sofá’, alega defesa de tios suspeitos de espancar crianças na Capital

Crianças foram entregues aos tios após uma delas ser estuprada pelo pai

05 fevereiro 2019 - 10h47Por Dany Nascimento e Anna Gomes

Três crianças foram recolhidas pelo Conselho Tutelar e levadas para um abrigo após serem supostamente agredidas pelos tios, em uma residência no bairro Vila Marli, em Campo Grande. Um menino de 4 anos e duas meninas, uma de 3 anos e outra de 1 ano, foram recolhidas e estão sob a guarda dos tios desde novembro do ano passado.

O advogado de defesa do casal, José Hamilton de Souza, nega as acusações e afirma que a menina de 3 anos está com o olho roxo porque caiu do sofá da casa. “A mulher faz diária todos os dias para sustentar dois filhos e os três sobrinhos, o pedreiro trabalha, para agora serem acusados de agressão. A menina caiu do sofá”, diz o advogado.

Segundo Hamilton, a Justiça concedeu a guarda para os tios, após uma das crianças ser estuprada pelo pai. Sobre feridas encontradas na cabeça da criança de 1 ano, o advogado afirma que não seria decorrente de agressão física. “Aquilo na cabeça é de sífilis da mãe, que era usuária de drogas”.

Os suspeitos prestaram esclarecimentos na manhã desta terça-feira (5), na DEPCA (Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente).

Leia Também

Quino, cartunista que criou Mafalda, morre aos 88 anos
Geral
Quino, cartunista que criou Mafalda, morre aos 88 anos
Oportunidade: JBS oferece vagas em Campo Grande
Oportunidades
Oportunidade: JBS oferece vagas em Campo Grande
Primeiro homem curado de HIV morre de câncer na Califórnia
In Memoriam
Primeiro homem curado de HIV morre de câncer na Califórnia
Mato Grosso do Sul chega perto dos 70 mil casos da covid, mas diminui taxa de contágio
CORONAVÍRUS
Mato Grosso do Sul chega perto dos 70 mil casos da covid, mas diminui taxa de contágio