Menu
terça, 24 de novembro de 2020
Polícia

Diarista encontrada em riacho no Nova Lima morreu por afogamento, aponta laudo

A polícia aguarda outros resultados para saber se a mulher sofreu algum tipo de violência, inclusive sexual

15 março 2019 - 17h00Por Anna Gomes

Um mês após o corpo de Rosana dos Santos Dantas, 32 anos, ter sido encontrado em um riacho do Nova Lima, em Campo Grande, a polícia conseguiu descobrir que a mulher morreu por afogamento. Devido ao avançado estado de decomposição, a polícia precisou realizar vários testes para descobrir as causas da morte.

O delegado Paulo Sérgio, da 2ª Delegacia de Polícia Civil, revela que os laudos apontaram que a vítima foi morta por afogamento, mas ele também aguarda outros resultados para saber se a mulher sofreu algum tipo de violência, inclusive sexual.

A polícia adianta que, a princípio, não tem um suspeito no caso. A última vez que Rosana foi vista, ela estava na garupa de uma motocicleta, mas os investigadores ainda não conseguiram descobrir quem seria a pessoa que pilotava o veículo.

“As investigações continuam. A princípio, os laudos prontos não apontam violência no corpo de Rosana, mas nenhuma hipótese será descartada e estamos trabalhando para descobrir o que aconteceu nos últimos momentos de vida da vítima”, disse o delegado.

Rosana era casada e tinha quatro filhos com idade de 3 a 13 anos, sendo que o caçula ainda era amamentado. Ela era acostumada a frequentar o riacho para se refrescar em dias quentes.

“Os moradores do bairro são acostumados a irem até o riacho para tomarem banho. Já ouvimos o marido, o pai e pessoas que estavam com ela no dia que sumiu. De acordo com as primeiras investigações, a vítima não aparenta ter inimigos”, disse.

O caso

O cadáver foi encontrado no dia 3 de fevereiro por moradores que tomavam banho no riacho, localizado na região norte da Capital. Eles informaram que viram algo boiando e acharam que fosse um travesseiro. Ao se aproximarem, perceberam que era uma pessoa e acionaram equipes do Corpo de Bombeiros e Polícia Militar.

Leia Também

Mais um: PM também afasta tenente-coronel preso com contrabando de celulares
Polícia
Mais um: PM também afasta tenente-coronel preso com contrabando de celulares
PM que espancou mãe de criança autista é transferido para Campo Grande
Polícia
PM que espancou mãe de criança autista é transferido para Campo Grande
Morador prende ladrão escondido atrás de geladeira no São Conrado
Polícia
Morador prende ladrão escondido atrás de geladeira no São Conrado
Associação repudia agressor que espancou mãe de autista e cobra treinamento da PM
Cidades
Associação repudia agressor que espancou mãe de autista e cobra treinamento da PM