Menu
Busca quarta, 23 de outubro de 2019
Top Ms
Polícia

Empresário preso por estupro atraía meninas com dinheiro e até academia

Vítimas do criminoso eram de baixa renda e tinham 13 anos

12 agosto 2019 - 18h52Por Thiago de Souza

Empresário de 63 anos foi preso pela Polícia Civil suspeito de estuprar meninas de 13 anos, em Ladário. Para atrair as vítimas, ele pagava cabeleireiro, roupas e academia. A polícia diz que, em alguns casos, os pais eram coniventes com os crimes.  

Conforme o Diário Corumbaense, a prisão ocorreu no dia 29 de julho, mas as informações foram divulgadas só agora, com a conclusão do inquérito. 

A Polícia Civil relatou que o homem se aproveitava de sua boa condição financeira para atrair as vítimas. Em um dos casos, ele teria dado até uma casa para a família de uma menina morar. Pesa também contra o suspeito, o fato dele pedir fotos e vídeos das vítimas em momentos íntimos ou cenas de nudez. 

Os policiais confirmaram que o empresário estuprou uma garota de 13 anos de idade, quando a chamou para passear de carro e fazerem compras sozinhos, momento que teria aproveitado para acariciar suas partes íntimas.

Conhecido na cidade

A investigação aponta que o homem é conhecido e bem relacionado na cidade ladarense. Isso, segundo a investigação, faz com que outras pessoas, ainda que se mostrem indignadas, não queiram colaborar com a investigação, assim como a própria família da vítima, de origem humilde e sustentada financeiramente por ele.