TJMS
(67) 99826-0686

Frio e sem arrependimentos, estuprador de irmãs diz que vai cometer suicídio

Ele foi preso por dois Guardas Civis que o reconheceram em um posto de combustível

13 SET 2019
Rayani Santa Cruz e Nathalia Pelzl
09h15min
Foto: Wesley Ortiz

Por volta das 6h da manhã desta sexta-feira (13), dois servidores da Guarda Municipal conseguiram prender José Maria Rodrigues Pereira, 41 anos, acusado de estuprar e agredir duas irmãs de 13 e 16 anos, no Jardim Colorado, em Campo Grande.

O guarda Edson Mareco seguia de carro pela avenida Guaicurus em direção à base do Anhanduí, quando avistou  “Faustão” parado em um posto de combustível. Ele rapidamente avisou o colega de farda Kelson Corrêa Macedo que estava no prédio da Agetran para auxiliar na captura.

Os servidores reconheceram o criminoso, que estava a pé e aparentava esperar alguém. Eles iniciaram a abordagem para não perder a oportunidade da prisão e acionaram apoio. 

Segundo o guarda metropolitano Edson Mareco, a princípio Faustão aceitou a abordagem, mas depois recusou e tentou se passar pelo irmão, dando outro nome para identificação e dizendo que trabalhava em uma carvoaria.

Em seguida, o suspeito passou a ficar agressivo e tentar intimidar os guardas dizendo que não tinha medo de arma e que poderiam atirar se fosse o caso. 

Ainda na abordagem, um motociclista passou próximo ao posto e José Maria o chamou gritando. O condutor seguiu tomando rumo ignorado. 

Frieza e sem arrependimentos

A equipe da Guarda Metropolitana chegou ao local e a prisão foi realizada.  Dentro da viatura, José Maria confessou o crime e demonstrou total frieza. Ele diz que não se arrepende de ter estuprado as irmãs e pretende cometer suicídio.

O acusado foi encaminhado a DEPCA (Delegacia de Proteção a Criança e ao Adolescente), onde deve prestar depoimento.

O Caso 

Na quarta-feira (11), José Maria Rodrigues Pereira teria invadido uma casa onde estavam três irmãos, sendo um bebê de um ano, uma criança de 13 e uma adolescente de 16 anos. 

O criminoso é conhecido por ser violento e cumpre pena no regime semiaberto. Ele esperou a mãe das meninas sair e entrou na casa sem ser percebido. A vítima de 16 anos foi trancar o portão e, ao entrar de volta na casa, foi surpreendida.

Ele estuprou as duas irmãs, fez com que a de 13 anos filmasse o ato com a adolescente e ainda agrediu o bebê porque chorou.

Conforme à Polícia, com a garota de 16 anos houve penetração enquanto que com a irmã menor houve atos libidinosos. Faustão ainda lanchou na casa das vítimas antes de ir embora. 

Veja também