Menu
domingo, 27 de setembro de 2020
Polícia

Homem é executado por pistoleiros ao sair de motel com 'amiga' na fronteira

Vítima foi atingida dentro do pátio do estabelecimento

29 abril 2019 - 18h01Por Thiago de Souza

Carlos Alberto Diaz Pereira, 30 anos, foi executado por pelo menos dois pistoleiros, quando saia de um motel na rua Brasil, em Pedro Juan Caballero, no Paraguai, na tarde desta segunda-feira (29). A vítima levou oito tiros e estava acompanhado de uma ''amiga''.

Conforme o Porã News, o casal ocupava um Golf preto com placas do Paraguai. Os suspeitos não teriam dito nada e somente atiraram. Conforme a Perícia, foram ao menos 30 tiros de pistola calibre 9  milímetros.

Pereira conseguiu correr por cerca de 50 metros, mas foi alcançado e morto. O médico legista, diz a publicação, apontou que alguns tiros acertaram a cabeça da vítima.

A mulher que estava com Carlos Alberto conseguiu escapar sem ferimentos e foi encaminhada para a delegacia que investiga homicídios na cidade.

 

 

 

Leia Também

NA LATA: governo Bolsonaro mente pra esconder queimada no Pantanal
Na Lata
NA LATA: governo Bolsonaro mente pra esconder queimada no Pantanal
Criança de 2 anos desaparece no Rio Paraguai e bombeiros fazem buscas
Interior
Criança de 2 anos desaparece no Rio Paraguai e bombeiros fazem buscas
Batida frontal entre caminhões deixa um morto na BR-262
Interior
Batida frontal entre caminhões deixa um morto na BR-262
COVID: mais 258 casos e 14 mortes em 24 horas em Mato Grosso do Sul
CORONAVÍRUS
COVID: mais 258 casos e 14 mortes em 24 horas em Mato Grosso do Sul