Menu
segunda, 02 de agosto de 2021
Polícia

Motorista de aplicativo é ameaçado com arma de fogo e sofre sequestro relâmpago

Vítima relata ter sido ameaçada de morte, vendada e abandonada próximo a Gameleira

16 março 2019 - 17h55Por Nathalia Pelzl

Um motorista de aplicativo, de 22 anos, sofreu um sequestro relâmpago e foi ameaçado com uma arma de fogo após ser acionado pra fazer uma corrida até a mansão Gold, no bairro Coophavila, na madrugada deste sábado (16).

Segundo informações do boletim de ocorrência, ele atendeu uma corrida na Rua Pedro Celestino equina com a Joaquim Murtinho, onde três indivíduos entraram no veículo, no entanto, durante o deslocamento um dos passageiros sacou uma arma e disse: " é um assalto; perdeu".

Em depoimento, a vítima informou que entrou em luta corporal para se defender momento em que os outros passageiros interviram, colocando ele no banco traseiro e colocando uma venda em seus olhos e o levaram até uma residência, no local havia mais três pessoas.

O motorista disse ter sido ameaçado de morte pelos envolvidos e depois de um período colocado no porta-malas e abandonado próximo a região da gameleira.

Caso foi registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Centro