Menu
sábado, 26 de setembro de 2020
Polícia

Motorista de aplicativo é ameaçado com arma de fogo e sofre sequestro relâmpago

Vítima relata ter sido ameaçada de morte, vendada e abandonada próximo a Gameleira

16 março 2019 - 17h55Por Nathalia Pelzl

Um motorista de aplicativo, de 22 anos, sofreu um sequestro relâmpago e foi ameaçado com uma arma de fogo após ser acionado pra fazer uma corrida até a mansão Gold, no bairro Coophavila, na madrugada deste sábado (16).

Segundo informações do boletim de ocorrência, ele atendeu uma corrida na Rua Pedro Celestino equina com a Joaquim Murtinho, onde três indivíduos entraram no veículo, no entanto, durante o deslocamento um dos passageiros sacou uma arma e disse: " é um assalto; perdeu".

Em depoimento, a vítima informou que entrou em luta corporal para se defender momento em que os outros passageiros interviram, colocando ele no banco traseiro e colocando uma venda em seus olhos e o levaram até uma residência, no local havia mais três pessoas.

O motorista disse ter sido ameaçado de morte pelos envolvidos e depois de um período colocado no porta-malas e abandonado próximo a região da gameleira.

Caso foi registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Centro

Leia Também

Resultado negativo da Covid-19 faz Julia chorar de alívio e matar a saudade da 'vó mãe'
Cidade Morena
Resultado negativo da Covid-19 faz Julia chorar de alívio e matar a saudade da 'vó mãe'
Reme ainda não tem prazo para retorno das aulas presenciais
Cidade Morena
Reme ainda não tem prazo para retorno das aulas presenciais
Caminhoneiro morre ao capotar veículo na serra de Maracaju
Interior
Caminhoneiro morre ao capotar veículo na serra de Maracaju
Prefeitura libera apresentações de artistas de fora e festas em condomínios
Cidade Morena
Prefeitura libera apresentações de artistas de fora e festas em condomínios