Menu
quarta, 23 de setembro de 2020
Polícia

Mulher passou por “tribunal do crime” após ter relação com integrante de facção rival

Corpo foi encontrado na manhã desta sexta-feira (10)

10 maio 2019 - 15h40Por Dourados News

Rosimar Gomes de Souza da Cruz, 27, morreu após passar pelo ‘tribunal do crime’, conforme aponta as investigações iniciais da polícia. Ela era foragida da Justiça do Tocantins e estaria mantendo relação amorosa com integrante de facção rival à dela. 

Conforme o apurado pelo Dourados News, o suspeito pelo crime já foi identificado.  A vítima foi morta por espancamento numa casa localizada distante 100m do local onde encontraram o corpo dela. 

Rosimar estava com as mãos amarradas com pano e uma corda no pescoço. Ela também possuía várias marcas de ferimentos por pedras, conforme a perícia. 

O caso segue investigado. 

O caso

Populares encontraram o corpo da mulher na manhã desta sexta-feira (10/5) na favela do bairro Estrela Verá, em Dourados. 

Policiais civis do SIG (Setor de Investigações Gerais) realizavam rondas pela região, quando foram avisados. Logo em seguida, a Polícia Militar chegou ao local. 

Leia Também

Homem de 62 anos se masturba enquanto chama criança de oito anos para sexo em Coxim
Interior
Homem de 62 anos se masturba enquanto chama criança de oito anos para sexo em Coxim
De 36 detentos, só dois foram recapturados após fuga em massa por causa da covid no PR
Geral
De 36 detentos, só dois foram recapturados após fuga em massa por causa da covid no PR
Com 836 óbitos no dia, total de brasileiros mortos na pandemia chega a 138 mil
Geral
Com 836 óbitos no dia, total de brasileiros mortos na pandemia chega a 138 mil
Quadro em branco: aula na rede municipal só online e retorno presencial segue indefinido
Cidade Morena
Quadro em branco: aula na rede municipal só online e retorno presencial segue indefinido