TOP MIDIA INSTITUCIONAL
Menu
quinta, 30 de junho de 2022 Campo Grande/MS
GOV ENERGIA ZERO JUNHO 2022
Polícia

PF mantém sigilo sobre investigações de suposto atentado contra deputado de MS

Ele foi alvo de disparos de arma de fogo na BR-060, mas situação ainda não foi explicada

09 março 2020 - 15h15Por Dany Nascimento

A Polícia Federal, em Mato Grosso do Sul, mantém sob sigilo informações referentes ao atentado que tinha como alvo o deputado federal Loeste Trutis (PSL), ocorrido no dia 16 de fevereiro, na BR 060, entre Campo Grande e Sidrolândia.

O parlamentar acionou a Polícia alegando que que varro foi emparelhado por um veículo, que efetuou disparos de arma de fogo. No total, cinco tiros acertaram o carro do parlamentar e ninguém ficou ferido.

Ele utilizou as redes sociais para falar do caso e insultou a imprensa de Mato Grosso do Sul, dizendo que não iria dar entrevistas sobre o ocorrido. Para a polícia, o deputado disse que estava com seu motorista, quando o atentado aconteceu.

Trutis afirmou que revidou os disparos e os suspeitos fugiram.