Menu
quarta, 03 de março de 2021
Polícia

PM que espancou mãe de criança autista é transferido para Campo Grande

Acusado de espancar uma mulher algemada, ele está afastado das atividades

24 novembro 2020 - 11h33Por Diana Christie

O 2º tenente da Polícia Militar André Luiz Leonel foi transferido de Bonito para Campo Grande. Acusado de espancar uma mulher algemada, ele está afastado das atividades por determinação do governador Reinaldo Azambuja (PSDB) e perdeu o posto de chefia.

As informações estão no diário oficial desta terça-feira (24). De acordo com a publicação, ele foi transferido por “inconveniência da permanência”.

O caso

Uma mulher de 44 anos, mãe de uma criança autista, foi presa no dia 26 de setembro, em Bonito, depois de discutir com a dona de um restaurante porque pedia pressa para receber o prato e atender a filha. Na ocasião, o caso foi registrado como desacato, ameaça e embriaguez

No entanto, em vídeo registrado na delegacia, o policial aparece pressionando a mulher contra a parede e, quando ela tenta se defender sem sucesso, acaba sendo agredida com tapas e chutes. Enquanto as agressões acontecem, os outros policiais, inclusive o comandante do batalhão, apenas olham. A agressão só tem fim quando uma mulher da equipe de policiais contém o agressor.

Assista: