Menu
terça, 15 de junho de 2021
Polícia

Suspeito de tentar matar mulher com golpes de faca é condenado no regime semiaberto

Ele foi condenado a oito anos de reclusão e deverá pagar R$ 20 mil de danos morais para a vítima

07 junho 2019 - 08h03Por Dany Nascimento

Um homem identificado apenas pelas iniciais V. S. C. foi julgado na tarde de ontem (6), suspeito de tentativa de homicídio em junho de 2018 em Angélica. A juíza Bruna Tafarelo analisou o caso e condenou o réu a oito anos de reclusão, em regime semiaberto, danos morais no valor de R$ 20 mil e medidas protetivas em favor da vítima.

Conforme a denúncia do Ministério Público Estadual, V.S.C. teria desferido diversos golpes de faca contra vítima, dentro de uma residência no município. Durante o julgamento, conforme o site Dourados News, o conselho de sentença, formado por jurados escolhidos entre cidadãos da comarca, decidiram, por maioria, pela condenação do réu, em decorrência do crime de tentativa homicídio qualificado por motivo fútil e contra mulher em razão da condição do sexo feminino em situação de violência doméstica e familiar.

Dessa forma, a magistrada passou a fazer a dosimetria da pena, fixando em oito anos de reclusão, em regime inicial semiaberto, definindo medidas cautelares, em favor da vítima.

O acusado deve manter distância de no mínimo 200 metros da vítima, deve se manter dentro de casa durante a noite e nos dias de folga, sendo monitorado por uma tornozeleira eletrônica durante seis meses.