TCE 21 a 27/06/2021
Menu
sexta, 25 de junho de 2021
MEDIDAS RESTRITIVAS 19/06 a 27/06/2021
Polícia

Travesti mata marido com facada no peito; casal tinha histórico de brigas

Suspeita, conhecida como Samila, jogou a faca dentro de um balde

09 junho 2019 - 16h08Por Thiago de Souza

Antônio Valdenir Alves, 53 anos, conhecido como 'Vozinho' ou 'Toxô', foi morto com uma facada no peito, na casa onde morava, na rua Ademar Pereira de Camargo, esquina com a Pedro Pereira de Almeida, Vila Pernambuco, em Cassilândia. Uma travesti conhecida como ''Samila'', que vivia com ele, confessou o crime.

Conforme o Jovem Sul e o Cassilândia Urgente, a polícia teve informações que o casal brigava constantemente, sendo uma das discussões mais recentes na sexta-feira (7). O crime ocorreu na manhã de sábado, quando a travesti acertou o golpe único na vítima.

A Polícia Militar foi chamada e encontrou Vozinho caído nos fundos da residência. A equipe policial o levou até a Santa Casa de Misericórdia, mas a vítima morreu a caminho do hospital. A faca usada no crime estava dentro de um balde.

A suspeita pelo crime foi presa instantes depois. Ela relatou que tinha sido agredida e deu a facada para se defender.