Menu
quarta, 23 de setembro de 2020
Polícia

Vizinho filma idoso de 80 anos sendo agredido pelo filho dentro de casa

Moradores contam que a agressão é rotina

17 abril 2019 - 09h31Por Da redação/Portal R7

A Polícia Militar de Minas Gerais investiga o caso de um homem que agride o próprio pai, um idoso de 80 anos, em uma casa no bairro Vera Cruz, região Leste de Belo Horizonte. Moradores filmaram momento em que o pai, sentado em uma cadeira, leva socos e empurrões do filho.

O vídeo, registrado na última semana, mostra o momento em que um homem empurra e agride o idoso com tapas na cabeça. Segundo vizinhos, que não quiseram se identificar para a reportagem da Record TV Minas, as agressões acontecem há mais de um ano.  

"Ele agride o pai dele sem dó e sem piedade. Bate no rosto, com soco, com tapas e o pai dele pede misericórdia mesmo. O pai dele grita, fala que está doendo e não tem limite para ele não, conta um vizinho. Uma moradora também relatou que vizinhos já tentaram intervir para evitar que mais agressões acontecessem, mas o homem diz que os hematomas do pai são causados por "esbarrões". 

- Há 15 dias ele socou o pai dentro da garagem de casa. A vizinha viu tudo, falou que iria chamar a polícia e ele fechou o portão e tentou conversar com ela. Ele alega que o pai anda esbarrando, porque tem dificuldade de andar, por causa da idade. Mas a gente vê que não é.

Leia Também

Homem de 62 anos se masturba enquanto chama criança de oito anos para sexo em Coxim
Interior
Homem de 62 anos se masturba enquanto chama criança de oito anos para sexo em Coxim
De 36 detentos, só dois foram recapturados após fuga em massa por causa da covid no PR
Geral
De 36 detentos, só dois foram recapturados após fuga em massa por causa da covid no PR
Com 836 óbitos no dia, total de brasileiros mortos na pandemia chega a 138 mil
Geral
Com 836 óbitos no dia, total de brasileiros mortos na pandemia chega a 138 mil
Quadro em branco: aula na rede municipal só online e retorno presencial segue indefinido
Cidade Morena
Quadro em branco: aula na rede municipal só online e retorno presencial segue indefinido