TCE - Agosto
(67) 99826-0686
Gov - Agosto Lilas 09 a 24/08

Assembleia aprova projeto que prevê sanções em situações de discriminação racial

A proposta veio logo após a história da jovem Cláudia Ramos ser contada no TopMídiaNews; ela foi discriminada em um restaurante próximo do local onde trabalha

13 AGO 2019
Da redação/Assessoria
16h25min
Foto: Reprodução/Assessoria

Foi aprovado em segunda votação e deverá agora passar pelo crivo do governo estadual o Projeto de Lei 251/2017, que prevê sanções administrativas em situações de discriminação racial. A proposta veio logo após a história da jovem Cláudia Ramos, que expressa o descaso e a injustiça calada por muitas outras pessoas afrodescendentes que não encontram apoio.

Ela contou que foi desencorajada a registrar o Boletim de Ocorrência. Com a legislação proposta, o Poder Público Estadual poderá atuar de forma mais direta, especialmente quanto atos discriminatórios forem praticados em espaços de uso público, incluindo os estabelecimentos comerciais.

Entre as ações discriminatórias estão: proibir ou impor constrangimento ao ingresso ou permanência em ambiente ou estabelecimento aberto ao público; recusar, retardar, impedir ou onerar a locação, compra, aquisição, arrendamento ou empréstimo de bens móveis ou imóveis; e negar emprego, demitir, impedir ou dificultar a ascensão em empresa pública ou privada.

“É tão triste, tão revoltante e tão doloroso. Chegando no restaurante aqui perto do trabalho para comprar minha marmita. Visto um jeans rasgado, uma camiseta e nos pés meu tênis predileto. Tranças soltas, nada de maquiagem, nada de acessórios. A marmita demora um pouco a sair (pela primeira vez), de repente vem o gerente e pede para eu me retirar que eles não dão comida de graça. Já tremendo sem acreditar no que está acontecendo eu explico que pedi a marmita e que vou pagar por ela. O gerente ri e me pede desculpa com a seguinte frase: MAS TAMBÉM, COM ESSE CABELO, DÁ PARA ENGANAR QUE É UMA MENDIGA. Até quando... eu me pergunto até quando”.

Veja também