Menu
Busca quarta, 08 de julho de 2020
MS DIGITAL - COMPET
Política

Bernal diz que renúncia de Olarte é tentativa para obter liberdade em troca de concessões

Alcides Bernal espera que Olarte faça delação premiada para apontar os beneficiários da sua cassação

08 setembro 2016 - 12h29Por Rodson Willyams

O prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal, do PP, emitiu nota, por meio da assessoria de imprensa da prefeitura, comentando sobre a renúncia do ex-vice-prefeito, Gilmar Olarte, sem partido, ocorrida na manhã desta quinta-feira (8).

Segundo Bernal, a renúncia de Gilmar Olarte é de extrema gravidade, pois aparenta ser uma tentativa de obter liberdade, em troca de concessões. O prefeito afirma que com essa atitude de Olarte, o presidente da Câmara Municipal de Campo Grande, João Rocha, do PSDB, seria sucessor imediato ao cargo, caso uma eventualidade mudança na prefeitura.

"Hoje, com esta renúncia, o sucessor imediato do prefeito é o presidente da Câmara Municipal, que é do PSDB e foi um dos denunciados pelo Ministério Público Estadual à Justiça por corrupção passiva, no crime praticado contra Campo Grande e que foi investigado e constatado pelo Gaeco, tendo como provas, gravações obtidas por meio de escutas autorizadas pelo judiciário", diz em nota.

Bernal ainda destacou que considera importante que toda a sociedade esteja alerta para 'estas movimentações' e espera que Olarte faça a delação premiada, "como foi divulgado por alguns órgãos de imprensa, contando como foi que quebraram Campo Grande e principalmente quem foram os beneficiados por esse crime, uma vez que há até mesmo informações circulando de que recursos municipais foram utilizados para bancar campanhas eleitorais em 2014".

 

Veja a íntegra:

Sobre a renuncia de Gilmar Olarte, o prefeito Alcides Bernal vê o fato com extrema gravidade, pois aparenta ser uma tentativa de obter liberdade, em troca de concessões.

Hoje, com esta renuncia, o sucessor imediato do prefeito é o presidente da Câmara Municipal, que é do PSDB e foi um dos denunciados pelo Ministério Público Estadual à Justiça por corrupção passiva, no crime praticado contra Campo Grande e que foi investigado e constatado pelo Gaeco, tendo como provas, gravações obtidas por meio de escutas autorizadas pelo judiciário.

O prefeito Alcides Bernal considera que é importante que toda a sociedade esteja alerta para estas movimentações e espera que Olarte faça a delação premiada, como foi divulgado por alguns órgãos de imprensa, contando como foi que quebraram Campo Grande e principalmente quem foram os beneficiados por esse crime, uma vez que há até mesmo informações circulando de que recursos municipais foram utilizados para bancar campanhas eleitorais em 2014.

 

Leia Também

VÍDEO: na 'cara dura', ladrões arrombam casa no Giocondo Orsi
Cidade Morena
VÍDEO: na 'cara dura', ladrões arrombam casa no Giocondo Orsi
'CÊ CURTE?' Quinta-feira vai ser bem gelada e mínima será de 7º C em Campo Grande
Cidade Morena
'CÊ CURTE?' Quinta-feira vai ser bem gelada e mínima será de 7º C em Campo Grande
CUIDADO: cobra naja que deixou estudante em estado grave está desaparecida
Geral
CUIDADO: cobra naja que deixou estudante em estado grave está desaparecida
VÍDEO: após festança com prefeito e secretários, dono de pousada pega covid em Bela Vista
Interior
VÍDEO: após festança com prefeito e secretários, dono de pousada pega covid em Bela Vista