Menu
sábado, 05 de dezembro de 2020
Política

Deputado generoso: em gabinete, mãe e filhos ganham cargos e tem até 'assessora reencarnada'

Há suspeitas de nepotismo, mas a Casa de Leis não divulgou informações para comprovar o crime

26 abril 2019 - 07h00Por Thiago de Souza

Denúncia enviada ao TopMídiaNews dá conta que famílias inteiras atuam em gabinetes de políticos e mesmo quem já se aposentou pela própria ALMS ganha novo cargo, criando a figura do funcionário ''turbinado'' ou ''reencarnado''.

Quem denuncia não quer se identificar, mas atuou há pelo menos 12 anos no Poder Legislativo. Segundo a reclamante, Antônia Gisalda Moralles Balta e Igor Moralles Balta são mãe e filho e ''trabalham'' no gabinete do deputado Onevan de Matos, que está no nono mandato.

Ainda conforme a denúncia, Gisalda e Igor não moram em Campo Grande, onde fica a Assembleia, e sim em Naviraí, reduto político de Onevan. Ele ocupa o cargo de assessor de gabinete parlamentar XIII PLAP 0713, com remuneração de R$ 1.275,61.

Gisalda, a matriarca, tem um dos maiores salários entre assessores na Casa de Leis, com R$ 3.097,45 - e há ainda a possibilidade desse valor ser acrescido.

Eugênio Guedes tem filho no gabinete de Onevan. (Foto: Reprodução Facebook)

Onevan faz de seu gabinete um ambiente familiar, já que há também pai e filho, neste caso representados por Eugênio Almeida Guedes e João Henrique Rorato Guedes. O patriarca tem cargo de assessor parlamentar XX PLAP 07.20 com 'míseros' R$ 4.097,17. Só que mora em Naviraí. O filho é assessor jurídico da casa, indicado por Onevan e trabalha em Campo Grande.

Gisalda, Onevan e Eugênio em gabinete na Assembleia. (Foto:Reprodução Facebook)

'Eternidade'

O que chama a atenção no caso de Antônia Gisalda é o fato dela já ter se aposentado pela própria Casa de Leis, mas depois ganhou novo cargo, a chamada ''assessora biônica'' ou ''assessora reencarnada''.

A generosidade do parlamentar em relação a seus assessores se estende a Nirlei Aparecida Anselmi, que também se aposentou na ALMS, mas hoje comanda o gabinete de Onevan com novo cargo, cujo salário é de R$ R$ 4.097,17. Ao contrário de Gisalda, ela trabalha em Campo Grande.

Consultamos a Assembleia para checar se os cargos ocupados por mãe e filho e pai e filho têm alguma relação de hierarquia, o que tornaria crime de nepotismo. No entanto, a assessoria não respondeu as questões, mesmo duas semanas depois. Entramos em contato com Onevan de Matos, deixamos recado, mas não houve retorno.

Leia Também

Em estado de emergência, Hemosul convoca doadores de sangue O+, A+, B+ e O-
Cidades
Em estado de emergência, Hemosul convoca doadores de sangue O+, A+, B+ e O-
“O álcool é a droga mais pesada que conheci”, diz Fábio Assunção após 7 meses de tratamento
Geral
“O álcool é a droga mais pesada que conheci”, diz Fábio Assunção após 7 meses de tratamento
Jabuti é resgatado com casco dilacerado por atropelamento em Bonito
Interior
Jabuti é resgatado com casco dilacerado por atropelamento em Bonito
Após derrubar ladrão com guarda-chuva, mulher recupera celular
Geral
Após derrubar ladrão com guarda-chuva, mulher recupera celular