Menu
domingo, 20 de setembro de 2020
Política

Justiça autoriza quebra de sigilo de Flávio Bolsonaro e Queiroz

Na decisão em que autorizou a quebra do sigilo, o juiz Flávio Nicolau afirmou que ela é importante “para a instrução do procedimento investigatório criminal”

13 maio 2019 - 16h56Por Da redação/O Antagonista

O Tribunal de Justiça do Rio autorizou a quebra de sigilo de Flávio Bolsonaro e de seu ex-assessor Fabrício Queiroz. O pedido foi feito pelo Ministério Público do Rio, autorizado em 24 de abril de 2019 e mantido em sigilo até este momento.

Além do afastamento de sigilo de Flávio e Queiroz, também terão suas informações bancárias averiguadas a mulher do senador, Fernanda Bolsonaro; a empresa de ambos, Bolsotini Chocolates e Café Ltda.; as duas filhas de Queiroz, Nathália e Evelyn; e a mulher do ex-assessor, Márcia.

Na decisão em que autorizou a quebra do sigilo, o juiz Flávio Nicolau afirmou que ela é importante “para a instrução do procedimento investigatório criminal”.

Leia Também

Filho morre  de covid-19 oito horas após a mãe em Santa Catarina
CORONAVÍRUS
Filho morre de covid-19 oito horas após a mãe em Santa Catarina
Menino risca carro com bicicleta e deixa bilhete para proprietário
Geral
Menino risca carro com bicicleta e deixa bilhete para proprietário
Força-tarefa em MS intensifica ações e controla focos de calor no Pantanal
Cidades
Força-tarefa em MS intensifica ações e controla focos de calor no Pantanal
Infectados com covid-19 que saírem de casa vão pagar até R$ 70 mil de multa
Geral
Infectados com covid-19 que saírem de casa vão pagar até R$ 70 mil de multa