TJMS JANEIRO
Menu
quinta, 20 de janeiro de 2022 Campo Grande/MS
Política

Mandetta troca afagos com Ciro Gomes e sugere união para exorcizar de Bolsonaro

Sul-mato-grossense avalia que Bolsonaro só instiga a violência

08 setembro 2021 - 19h04Por Thiago de Souza

O sul-mato-grossense Luiz Henrique Mandetta, do DEM, participou da live de Ciro Gomes, na noite desta terça-feira 7 de Setembro. Os dois trocaram afagos por um motivo em comum: libertar o País de Bolsonaro.

No trecho da live que ficou salvo no Instagram, Ciro comanda a transmissão e pede uma análise de Mandetta sobre os atos a favor de Bolsonaro, no feriado. 

O ex-ministro da Saúde diz que Bolsonaro esperava muito mais gente no protesto e que ‘’não disse a que veio’’. O democrata destacou que o presidente da República não considerou a mensagem de Dom Pedro ‘’Independência ou Morte’’, proferida há quase 200 anos. 

‘’Independência significa independência dos Poderes, do Poder Moderador, que é a Justiça. E Bolsonaro ataca a Justiça’’, reflete Luiz Henrique. O sul-mato-grossense disse que o fato do protesto não ter tido violência foi menos mal.

Mandetta diz que temeu por violência, em razão de Bolsonaro estimular o ódio nos apoiadores. Ele disse que é perguntado pelo povo nas ruas sobre a alta da energia, dos alimentos e que Bolsonaro não responde essas questões e só provoca agitação. 

Na seção de comentários de seu perfil no Instagram, Luiz Henrique disse, sobre Ciro Gomes que ‘’apesar de termos origens e visões políticas distintas, é fácil concordar em um ponto: ‘O Brasil precisa de união pra se libertar de lideranças tóxicas’’, se referindo a Bolsonaro.