Maracaju II dengue agosto 2022
TOP MIDIA INSTITUCIONAL
Menu
terça, 16 de agosto de 2022 Campo Grande/MS
Caruru Governo Agosto 2022
Política

MS vai receber recursos do pré-sal, diz Paulo Guedes em reunião com governadores

R$ 100 bilhões é a soma a ser repartida com os 27 estados brasileiros

26 março 2019 - 19h00Por Celso Bejarano, de Brasília

Em evento que reuniu governadores das 27 federações em Brasília, Reinaldo Azambuja (PSDB-MS) um deles, o ministro Paulo Guedes (Economia) disse que é desejo do governo federal em repartir os recursos sociais do pré-sal [exploração do petróleo] com os Estados.

Ainda não há definições quanto aos valores, contudo, a soma total a ser dividida é de R$ 100 bilhões. Para o ministro, a medida é um meio de aliviar as regiões que enfrentam sérias dificuldades financeiras.

No evento, que durou em torno de cinco horas – começou às 8h30 e seguiu até 13h30 (horário de Brasília) -, os governadores debateram também a reforma da Previdência, recuperação fiscal, Lei Kandir e securitização (venda de dívida que é transformada em títulos para os investidores).

O encontro ocorreu no Palácio do Buriti, sede do governo do Distrito Federal.

O governador Reinaldo Azambuja não conversou com a imprensa. Ele saiu do prédio por um elevador para as autoridades e seguiu direto para a garagem.

Antes de alcançar a pista da avenida, a reportagem do TopMídiaNews tentou conversar com ele, que seguia de carro, mas Azambuja, abriu o vidro, disse que estava com pressa e foi embora.

O governador participou da reunião com os 27 governadores e, no final, teve uma conversa reservada com Ibaneis Rocha (MDB), governador do DF.

No encontro com os governadores foram discutidas ainda questões ligadas às privatizações.

Do ministro Guedes, os governadores ouviram que a União poderia antecipar recursos aos Estados porque os processos de privatizações podem demorar de um a dois anos.