Maracaju IV agosto cursos 2022
TOP MIDIA INSTITUCIONAL
Menu
quinta, 18 de agosto de 2022 Campo Grande/MS
Dengue agosto
Política

Obras na cabeceira de córrego devem evitar assoreamento do lago no Parque das Nações Indígenas

Bacia de contenção deve evitar assoreamento de lago e ponto de alagamento próximo ao Shopping Campo Grande

23 março 2019 - 18h10Por Rodson Willyams

O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) revelou que o Programa Juntos por Campo Grande II prevê a construção de bacias de contenção na cabeceira do córrego Prosa, o que deve evitar o assoreamento do lado do Parque das Nações Indígenas, principal cartão postal da cidade.

Reinaldo afirmou que, durante a criação do parque, gestores anteriores à sua administração, "esqueceram de fazer as bacias de contenção lá nas cabeceiras das nascentes". Ao lado prefeito Marquinhos Trad (PSD), o governador afirmou que o pacote de obras lançado deverá resolver o problema na região.

“Vamos fazer a bacia de contenção e depois a drenagem do lago. Vamos dragar aquela areia para que ele possa voltar com a vida útil”, afirmou o governador.

Além da questão do assoreamento, a bacia também deve evitar que ocorra ponto de enchente no local.

Obras na região

Sóter

A prefeitura e o governo também farão obras de controle de erosão no Parque Sóter e revitalização do Rio Anhanduí. O investimento será de R$ 36,314 milhões, sendo R$ 34,019 milhões de recursos da Prefeitura (Orçamento Geral da União) e R$ 2,295 milhões do Estado. Os lotes um e dois serão concluídos neste ano e o lote 3 tem previsão de entrega em 2020.

Complexo Atlântico

Também está programada a retomada e conclusão das obras dos Complexos Atlântico Sul (A, B, C e D); Seminário (A, B e C); Mata do Jacinto (A, D e E) e Altos do São Francisco. Serão realizados recapeamento, pavimentação, construção de calçada e sinalização.